Parece que tudo foi ontem, mas já faz mais de 15 dias que terminou o Festival da Eurovisão 2017. Com o fim desta edição histórica, que teve a primeira vitória portuguesa de sempre com Salvador Sobral a brilhar em Kiev, está na hora de lembrar outros palcos e edições que marcaram a história nesta competição que existe desde 1956. 

Não é de hoje que o Festival da Eurovisão é sucesso na Europa inteira. Em 2017, 180 milhões de pessoas viram os três espetáculos do evento. Número enorme, mas que representa uma baixa em relação a 2016. Tamanha audiência só poderia ser possível num grande lugar para sediar tudo isto, o belo International Exhibition Centre da capital ucraniana.

Neste artigo recordamos outras arenas, outros teatros que receberam o Festival Eurovisão da Canção.

Na nossa lista histórica, começamos por Londres. A cidade foi a que mais vezes sediou o Festival da Eurovisão, palco da competição por quatro vezes. Muito disso aconteceu no começo do Festival, quando algumas cidades desistiam de sediar o evento por causa dos altos custos, e Londres sempre era as primeiras alternativas. A capital britânica sediou nos anos de 1960, 1963, 1968 e 1977. A edição mais especial em Londres aconteceu no grandioso Royal Albert Hall, que já foi palco de shows de Phil Collins, Paul McCartney, Eric Clapton, Elton John e outros. Essa competição, em 1968, foi vencida pela cantora espanhola Massiel.

A Irlanda é o país que mais venceu o Festival, com sete conquistas. O ápice certamente foi na década de 1990, quando conseguiram conquistar quatro vezes em cinco anos (1992, 1993, 1994 e 1996). Mas a primeira vitória veio muito antes, em 1970, por um fenómeno que ficou para a história. Naquela edição de 1970, sediada em Amsterdão, nos Países Baixos, a cantora Dana tinha apenas 19 anos quando venceu com a canção “All Kinds of Everything”. Após a conquista, Dana ficou nove semanas no topo das músicas na Irlanda e atingiu o primeiro lugar no Reino Unido.


Ainda nas primeiras edições do Festival da Eurovisão, outro que ficou marcado na história é a participação do grupo sueco ABBA. Uma das bandas mais famosas de sempre participou em 1974 e, claro, venceu. Os cantores Benny, Bjorn, Agnetha e Anni-Frid conquistaram o Festival com a música “Waterloo”, que vendeu 6 milhões de cópias. Aquela edição foi realizada na Inglaterra, no Brighton Dome. Uma curiosidade interessante é que “Waterloo” foi reconhecida como a melhor canção de sempre do Festival, quando o mesmo completou 50 anos na última década. Talvez ABBA seja o maior caso de sucesso da história entre os que já participaram no Festival.


Uma das edições mais históricas do Eurovisão aconteceu em 1981, na Irlanda, quando Bucks Fizz venceu o torneio com a música “Making Your Mind Up". O palco foi um lugar muito especial na cultural irlandesa, no Royal Dublin Society, que é a casa de eventos muito importantes por lá.

Ao citar eventos importantes, é bom lembrar que o Royal Dublin foi palco do último EPT Poker Tour, uma das competições mais importantes do mundo que há anos representa muito para a Irlanda. Além disso, o lugar já foi palco de shows de Bruce Springsteen, Metallica, Bon Jovi, entre outros.


Sete anos mais tarde, outra edição que vai ficar marcada aconteceu em 1988, também em Dublin, mas no RDS Simmonscourt Pavilion. Quem venceu essa edição foi a cantora Celine Dion, que é uma das mais famosas das últimas duas décadas. A canadiana venceu com apenas 20 anos, e representou a Suíça com uma música em francês. Curiosidade é que ela venceu com apenas um ponto de vantagem sobre o segundo classificado.


Mais recente, em 2006 na Grécia, uma edição que também nunca será esquecida foi quando os finlandeses da banda de heavy metal Lordi venceram o Festival. Vestidos de monstros, eles conseguiram o primeiro e único título da Finlândia. Nessa época, eles bateram o recorde de pontos.


Para fechar o nosso tour pela história do Festival, vale a pena lembrar o que aconteceu em 2009. Sediado no Estádio Olímpico de Moscovo, mais de 20 mil pessoas viram o norueguês Alexander Rybank estabelecer um novo recorde.


Além da vitória histórica da Noruega, marcou a primeira edição disputada na Rússia. O Estádio Olímpico é um dos lugares mais importantes do cenário desportivo e cultural do país, e cantores famosos como Roger Waters e Kylie Minogue já se apresentaram lá.

Em todos os principais lugares da Europa, o Festival da Eurovisão já marcou história. Com mais de 50 anos de existência e muito futuro pela frente, ainda vamos ver muitas edições de arrepiar.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: WIKIMEDIA / Vídeo: YOUTUBE

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top