A emissora espanhola RTVE desmentiu a informação avançada pelo programa 'Informe Semanal': o Operación Triunfo não será utilizado como final nacional para o Festival Eurovisão 2018.

No passado sábado, 6 de maio, o programa 'Informe Semanal' emitiu uma reportagem dedicada à história do Festival Eurovisão recordando que o interesse espanhol no concurso rejuvenesceu depois da participação de Rosa López, apurada através do Operación Triunfo. Contudo, a alusão ao regresso do talent show fez furor entre a comunidade eurovisiva: "A OT provocou o regresso das grandes audiências à TV e é um formato que a cadeira recuperou de novo para eleger o representante em 2018".

Ana María Bordas, chefe de delegação de Espanha no Festival Eurovisão, reagiu à notícia durante a conferência de imprensa de Manel Navarro, garantindo que não foi tomada qualquer decisão sobre a próxima edição do concurso. "Não é algo que se descarte totalmente mas trata-se de uma decisão que ainda não foi sequer pensada" garantiu. 

De regresso à TVE depois do cancelamento na Telecinco, a Operación Triunfo chegará com a sua nona edição. As três primeiras edições (2001:2002 / 2002:2003 / 2003:2004) serviram como pré-seleção de Espanha no Festival Eurovisão: os três finalistas do concurso disputaram, semanas depois do programa, o apuramento para o concurso europeu. Rosa Lopez, Beth e Ramón foram os candidatos escolhidos diretamente para o Festival Eurovisão, sendo que Edurne, Soraya Arnelas e Gisela (Andorra 2008) também participaram no talent show.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: vanitatis / imagem: RTVE

2 comentário(s):

  1. Anónimo01:27

    O ESCportugal nao partilhou a foto da Martina Barta com o cd do Salvador, toda entusiasmada haha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo08:02

      Hoje é o dia do vidas, por isso vamos a tempo. Eu quero e ver uma foto deles juntos ahah

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top