O chefe de delegação de São Marino no Festival Eurovisão confirmou que a emissora estatal está em discussões com a EBU/UER e a empresa Digame para introduzir uma votação pública no país.

Depois do ensaio de Valentina Monetta e Jimmie Wilson, o chefe de delegação de São Marino no Festival Eurovisão confirmou, em conferência de imprensa, que a emissora estatal SMRTV continua em negociações com a EBU/UER e com a empresa Digame para instaurar uma votação pública no país. De realçar que a Digame é a responsável pela validação dos resultados do televoto do Festival Eurovisão desde 2004. Contudo, até ao momento, não foi revelado mais nenhum detalhe sobre as negociações.

São Marino é o único país no Festival Eurovisão que não pode utilizar o televoto, tendo em conta que partilha a sua infraestrutura telefónica com Itália, sendo que o voto do público do país é decidido por uma combinação da votação de televoto de um grupo de países desconhecidos. A proposta apresentada pela SMRTV tenciona criar um painel composto estatisticamente por uma representação de telespectadores que votaria conforme o televoto nacional. Em caso de problemas, a EBU poderia recorrer ao sistema atual para substituir o modelo apresentado pela SMRTV.

Valentina Monetta e Jimmie Wilson defendem "Spirit of the Night" na décima posição da segunda semifinal do Festival Eurovisão 2017 em representação de São Marino. Pode recordar, de seguida, o videoclip oficial da candidatura:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem: SMRTV / Vídeo: euroviison.tv

1 comentário(s):

  1. Anónimo18:56

    Tanta gente vestida de Branco! Este ano será que só há noivas!!??ou é homenagem ao Papa Francisco?! Já começo a gostar das indumentárias muito "descontraídas" do Salvador Sobral.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top