50% da votação na 1.ª semifinal do Eurovision Song Contest 2017 já está decidida. O júri votou esta noite, no ensaio geral, e a performance de Salvador Sobral foi largamente apreciada. Veja o que se escreveu sobre esse momento.


Oikotimes - Top10 dos jurados? 100% de certezas. Salvador deve ser o favorito dos júris de longe. A palavra-chave aqui é emoção. Uma atuação muito simples que permite centrar todas as atenções na incrível voz do cantor. Salvador foi tão original quanto elegante na sua interpretação desta música. Ele simplesmente ofereceu à audiência o sua elegante, um pouco ultrapassado mas bonito Amar Pelos Dois. Esta música definitivamente destaca-se e será apreciada pelos ouvidos profissionais. Top5 na semifinal.

ESCToday - Um silêncio de morte na sala de imprensa enquanto Salvador está em palco já que ninguém quer perder um segundo de magia. Apesar de ser apenas a sua segunda atuação no palco da Eurovisão, a intimidade e o toque mágico estão lá. Pode resultar muito bem com o júri este ano com o charme a tomar conta da arena.

ESCDaily - Durante a tarde Salvador foi brilhante. Agora foi só muito bom. Um ou dois pequenos soluços nas notas não o vão prejudicar muito. Uma pequena questão será se esta música ultrapassada resultará bem com o júri, mas penso que pelo menos os jurados ocidentais a apreciarão. A sala de imprensa aplaude efusivamente. Pode ganhar o voto do júri. Apesar de ele não ter deslumbrado quando mais importava.

ESCKaz - Salvador a usar a sua voz doce como um instrumento com precisão e paixão.

ESCDaily - Os vocais são soberbos e emocionantes. Ele usa um fato preto com um lenço cor-de-rosa, o que parece inteligente mas não o ajuda a destacar-se do resto do palco já que parece confundir-se com o fundo negro. A sala de imprensa ficou, no geral, lavada em lágrimas depois desta performance. Os apresentadores a falarem depois desta atuação irá ajudar a cimentar a performance na cabeça dos júris e do público.

Eurovoix - A performance vocal do Salvador é impressionante. O palco complementa esta simples melodia. O país espera qualificar-se pela primeira vez em sete anos.

ESCxtra - Tão lindo! Eu não tinha visto antes! Estou sem palavras! Podemos ter talvez aqui um vencedor.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook. Visite já!
Fonte: ESCPortugal / Imagem: eurovision.tv

24 comentário(s):

  1. Anónimo00:09

    muito bom, apenas o escdaily parece não gostar tanto.... esperemos que dê para a final. Muito boa sorte Salvador

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo08:57

      Falta acrescentar que o wiwibloggs foi unânime em considerar que se sentiu pela primeira vez winner vibes. Procurem o video. Até o mais cetico de todos acabou por concordar.

      Eliminar
  2. Anónimo00:15

    O ESCDaily anda ressabiado? O oikotimes já se sabe...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:19

      Desde que saiu o editor portugues do oikotimes, e veio para o escportugal ha uns anos atrás, o oikotimes foi sempre a cair

      Eliminar
    2. Anónimo07:33

      O ESCDaily apenas escreveu uma verdade que dói a alguns. O ESC tem intérpretes mais capazes este ano. E o Salvador não existiria sem a canção.

      Eliminar
    3. Anónimo09:00

      O Salvador é a alma da canção. Com Luísa é uma bela canção, com ele é simplesmente arrebatadora. Ainda há aqui uns empedernidos que se recusam a negar as evidências.

      Eliminar
    4. Anónimo10:13

      Evidências? Lol. Já ouvi pessoas cantarem a canção com mais alma! Quero ver quanto tempo o Salvador vai 'durar' depois do ESC.

      Eliminar
    5. Anónimo10:41

      O anónimo 7:33 isto não é uma competição de canto é um festival de música no fim conta um todo, acho ridículo essa critica sua e do ESCDaily quanto são as únicas. se não tem nada para dizer de bom esteja no seu canto.

      Eliminar
    6. Anónimo11:40

      Dói-te a verdade? Fica tu no teu canto se não sabes respeitar a liberdade de expressão dos outros. O Escdaidly, ao contrário dos outros, comentou a prestação num todo, mas teve a coragem da apontar uma falha nesse todo.

      Eliminar
    7. Anónimo12:06

      O que doi é haver musicas no festival da canção com grandes vozes e a musica ser muita ma e vice-versa isso é que me doi. Alma tem de certeza, e digo-te já porquê, quando a musica passa para alem fronteiras, e mesmo quem não percebe a letra fica rendido e emocionado, e não é por ele ser um coitadinho, é sim pela maneira como se expressa ao canta-la. Por alguma razão Portugal está a ter o destaque que tem. E com isto não ha qualquer argumentos.

      Eliminar
  3. Anónimo00:15

    nao há video da atuação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os ensaios gerais não podem ser gravados :)

      Eliminar
  4. Anónimo00:31

    Esc Daily um pouco ressabiados, os outros todos falam extremamente bem,ate o oikotimes falou bastante bem a dizer q devemos ser os favoritos do júri. To com um bom feeling :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo02:56

      é impressionante a quantidade de veneno que os apoiantes do Salvador cospem

      Eliminar
    2. Anónimo08:34

      Quando dizem música ultrapassada para mim perdem a credibilidade, o resto são opiniões e tem direito a elas

      Eliminar
    3. Anónimo13:49

      Essas pessoas chamam a isto ultrapassado, mas se for preciso ouvem os singles do Harry Styles e dizem que é um pop moderno com toques clássicos. Quando são músicas onde notas a influência de um som "Bowie anos 80" e Beatles "60 e 70" no Sweet Creature.

      E atenção que eu até gosto das músicas e ele surpreendeu-me como compositor a solo. Mas em principio por esse prisma poderiam dizer datados.

      E quem diz isto diz o som actual do Bruno Mars que é o uso do Funk, algo também dos anos 80 que também poderia ser algo datado.

      Ass: The Calm after the Storm

      Eliminar
  5. Anónimo01:00

    a opinião do Wiwibloggs, minuto 09:35 - https://www.youtube.com/watch?v=ulVLuOX5kB0

    ResponderEliminar
  6. Anónimo02:46

    Ethereal, breathtaking, timeless – any of these words may perfectly fit this song and your performance and yet
    they are not enough to describe what is one of those precious rare gems that
    come only every once in a while, a one of a kind classic that pulls all the
    right heart strings and tugs at them with gentleness and without artifice.

    This song takes us on an otherworldly voyage to a different dimension, a dreamland, a
    special moment from our childhood or our happiest days – perhaps an
    unforgettable one that we shared with our friends, our family, our lovers.

    What’s even more perplexing with this song’s message and meaning is that although it’s so
    nostalgic and speaks of loss it’s also a song that lets you dream with a
    hopeful and peaceful future. Not quite often you find a song that ambivalent,
    that complete, with layers upon layers of emotion and understanding. The lyrics
    themselves speak of a broken heart and longing, but it’s about so much more
    than that. The final verses may really say it all though – even if romantic
    love doesn’t prevail a higher self-contained yet selfless form of loving and
    caring takes its place.

    This is a lullaby, a serenade, a prayer, a hymn, a jazz song, a soul song, a bossa nova
    song, a morna song, a vintage song, a movie song, an alternative song, a musical
    song, a Portuguese song, an European song, all at the same time, and yet it’s none
    of them. This is the original artistic spirit of Eurovision Song Contest
    preserved and recovered with a freshness and lightness that’s so endearing.

    This is Romeo and Juliet and all relatable love tragedies, Pablo Neruda’s relationship
    with his postman, Love in the Time of Cholera’s platonic unrelenting affection,
    Will Smith’s pursuit of happiness, La Vita É Bella’s spontaneous tenderness, Charlie
    Chaplin’s Great Dictator speech for Humanity, Ratatouille’s striking final
    dish, Up’s sweet lifelong love, Inside Out’s celebration of beautiful sadness,
    Howl’s Moving Castle’s acceptance of love without age. This embodies all those iconic
    episodes from fiction and many more. But more than fiction this embodies life
    after all, and love for life, ever bittersweet.

    Would you think of calling Frank Sinatra, La La Land, Amy Winehouse, Tom Jobim boring or dated?
    Of course not – class, authenticity and greatness transcend the limits of both
    time and space, and this, my friends, this is simple greatness achieved in its most bare and
    pure form of art.

    Maybe this song is just not for everyone’s taste. Maybe because it’s about emotional
    maturity and growth. Maybe the frailty and openness that it carries along may
    be overwhelming to many who see their intimacy suddenly reflected in its
    haunting melody - after all it’s a moment of abandonment but at the same time
    of introspection and self-awareness. And maybe…just maybe, because it brings the diversity
    Europe and the World needs…the one most daunting and intimidating of them all: Love.

    I'd say good luck, but you won't need luck, you'll just need people to be true and honest with themselves - if that happens then all of us have already won. Forever thank you.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo09:06

      Lindo e magnificamente escrito.Obrigado.

      Eliminar
    2. Anónimo11:31

      :)

      Eliminar
    3. Anónimo13:29

      Aí que texto!

      Eliminar
  7. Anónimo02:48

    O Måns da Suéciavencedor da Eurovisão em 2015, disse que Portugal era um dos seus favoritos

    https://www.youtube.com/watch?v=q9-iQFgSEZM

    ResponderEliminar
  8. Anónimo11:39

    I'm speechless as much as I was when first heard the song. Thank you!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo14:47

    VIDEO DE PORTUGAL PARA OS JÚRIS AQUI https://www.youtube.com/watch?v=O5wp-Ob8fk8

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top