Em entrevista com o ESCPortugal, o representante de Espanha no Festival Eurovisão 2017, Manel Navarro, falou sobre a sua carreira e teceu os maiores elogios a «Amar Pelos Dois»: "Portugal tem a canção mais mágica desta edição".

Em Portugal para promover a sua candidatura ao Festival Eurovisão 2017, Manel Navarro, representante de Espanha em Kiev, esteve à conversa com o ESCPortugal na passada quinta-feira, num hotel da capital portuguesa.

Com 21 anos de idade, Manel Navarro diz que a música apareceu "quando tinha catorze que foi quando comecei a tocar guitarra e a cantar publicamente (...) tendo surgido também o meu primeiro tema", afirmou recordando a experiência no programa Teen Star. As diferenças entre 'Candle' e 'Do You It For Your Lover', canções lançadas pelo cantor, seguiram-se na conversa, tendo o jovem admitido que "foi uma surpresa" o convite para entrar no Objetivo Eurovision.

Questionado sobre as outras candidaturas a concurso para representar Espanha em Kiev, Manel Navarro destacou os temas de Paula Rojo e Maika, referindo que "sinto que as coisas apaziguaram após a EuroParty de Madrid", desmarcando-se de toda a polémica que estalou após os resultados do Objetivo Eurovisíon.

Recorda a atuação na final nacional da Ucrânia como uma "das melhores noites da minha vida", manifestando que a presença nas festas pré-eurovisivas foi uma "oportunidade de conhecer outros países e ter contacto direto com os eurofãs". Contudo, defende que tal só é benéfico devido ao perfil dos artistas, dizendo que a ausência de Portugal das festas poderá ser benéfico para o resultado final.

Sobre "Amar Pelos Dois", Manel Navarro não tem qualquer dúvida: "Se não ganhar, vai ficar muito perto" afirma, reiterando que será a canção "mais votada pelo júri" da competição. "É a minha canção favorita da edição... é mágica... é música pura" descreve.

Desmarcando-se sobre as sondagens e as previsões que aponta para um resultado na parte inferior da tabela classificativa, o representante de Espanha falou sobre algumas mudanças para a atuação em Kiev, afirmando que vai "mostrar todo o meu trabalho e dar o meu melhor". O novo EP e os concertos para os próximos tempos seguiram-se na conversa, que culminou com um apelo ao voto dos portugueses e uma pequena atuação para os leitores do ESCPortugal:




Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: ESCPortugal

13 comentário(s):

  1. Muito simpático e boa onda, sucesso em Kiev!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:42

    Politicamente correcto...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo00:38

    Mesmo antes da sua passagem por portugal (e da passagem do Salvador por espanha onde também se encontraram os dois), naquelas pre parties todas, sempre achei o rapaz muito simpático e empático. 'likable' como se diz em inglês. não prevejo muito sucesso para a sua participação na eurovisão mas espero que não fique lá muito para baixo da tabela... pelo menos tem a 'sorte' de já estar na grand final. XD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:56

      Eu acho-o falso...sorry... [-(

      Eliminar
    2. Anónimo03:19

      Tem 21 anos... Não tem idade para ser falso.

      Eliminar
    3. Anónimo14:05

      03:19 e? Não é nenhuma criança. Claro que tem.

      Eliminar
  4. Anónimo01:55

    Está a dizer isto para angariar votos lol. No video do canal do ESC ele nao mencinou Portugal como um dos favoritos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo06:50

      Perguntaram-lhe sobre as suas favoritas?

      Eliminar
    2. Anónimo14:17

      06:50 Lol defende-o à vontade. Ele nunca pos Portugal como um dos seus favoritos lá fora. Beijo.

      Eliminar
  5. Anónimo03:21

    Isto de artista x dizer que canção y é a sua preferida é uma "chachada".Principalmente quando o artista em questão está a falar com alguém do país da canção: 1º porque é o politicamente correcto e bonito de se dizer e 2º porque na verdade o que eles querem é que seja a sua própria canção a vencer e estão se a lixar para o resto.

    Verdade seja dita, que nisso o Salvador pelo menos é coerente.Respeita as outras propostas mas não gosta delas e não se inibe de dizer isso a qualquer órgão de comunicação social.E as pessoas admiram isso nos tempos que correm:autenticidade e coerência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo06:53

      O Salvador já em vários vídeos afirmou que gosta da canção italiana. Não adora... Mas gosta e diz que tem uma letra inteligente.

      Eliminar
    2. Anónimo14:17

      06:53 disse para ser politicamente correcto.

      Eliminar
    3. Anónimo14:18

      06:53 Foi politicamente correcto. Letra inteligente? Por favor, o Salvador nunca pensaria isso.

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top