A RTÉ vai apostar forte na apresentação em palco no Eurovision Song Contest 2017 e contratou Nicoline Refsing para o projeto.


Nicoline Refsing vai ser a responsável pelo projeto de palco de Brendan Murray na Eurovisão 2017. A emissora irlandesa decidiu recorrer aos serviços da britânica, que foi responsável pelas apresentações dos Common Linnets (Holanda 2014), Aminata (Letónia 2015) e Dami Im (Austrália 2016). A revelação foi feita por Linda Martin, representante irlandesa em 1992 e vencedora da Eurovisão, que também está envolvida nas preparações para este ano. Linda Martin escolheu os cinco cantores de apoio que acompanharão Brendan Murray no palco eurovisivo.

A Irlanda vai ser representanda por Brandan Murray em Kiev. O cantor foi escolhido internamente pela RTÉ. O país foi sorteado na segunda semifinal do ESC2017.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: wiwibloggs / Imagem: live-production,tv / Vídeo: eurovision.tv

7 comentário(s):

  1. Anónimo20:56

    Já nós.... A projeção de uma floresta no palco e gestos estranhos do Salvador, nada mais...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:18

      Comentário desnecessário... Se a nossa canção e simples e sem grandes despauterios para que esse comentário infeliz?! Na minha opinião o nosso palco e a nossa apresentação até ficava engraçada se fosse toda a preto e branco e só uma luz por cima do Salvador.Poderia chamar pela diferença é quase todas as pessoas se lembrarao dele

      Eliminar
    2. Anónimo22:40

      Palhaçadas e espectáculo de variedades? Não, obrigado! Verdadeira tolice para quem não percebe a música que Portugal levará. Estamos a falar de música e não de música de feira. Para isso já temos a Itália que vai animar com o seu circo. O salvador é o ARTISTA. Ele vai para cantar uma música criada por uma compositora que usou a inspiração e o talento, não máquina e um molde que 90% dos compositores usam. Ficamos em último lugar mas a Europa não se irá rir por falta de talento e profissionalismo da família Sobral.

      Eliminar
    3. Anónimo22:44

      projeção de floresta?? onde viu isso? e já agora queria que houvesse o quê, jogo de luzes e pirotecnia numa música daquelas?

      Eliminar
    4. Anónimo23:29

      Era muito giro mas não neste festival...... Hoje em dia a Eurovisao é luz e espetáculo. Nada mais. Essa diferença e simplicidade que refere não agrada o público que assiste ao certame atualmente.

      Eliminar
    5. Anónimo02:10

      Exatamente, como referi no meu comentário, acham que com um "stage" monótono alguém país ganha? Essa ideia de tudo preto e só uma luz apontada para o Salvador é então a piada do dia. Isto é a Eurovisão não é as celebrações de Fátima. Olhar para o "stage" da Jamala seria inteligente, é claro como inspiração e não como copy paste ( sei que muitos não iriam compreender se eu não fizesse este parenteses) . Já agora, quem perguntou de onde veio a floresta, já viu o vídeo do Salvador no FC? Viu o "stage" dele no FC? Mais ainda, fiem-se que o Salvador é o artista, pois isso de pouco intressa, a Itália se ganhar, e merecidamente, é porque tem uma música melhor e que cativa á primeira.

      Eliminar
  2. Anónimo00:18

    Nao se trata de aparato o simplicidade a performance ao vivo tem que ter uma logica de som luz planos de cam imagem mensagem tudo isso conta pro juri

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top