A primeira semifinal do Festival da Canção 2017 esteve em destaque na imprensa nacional esta segunda-feira. Aceda a algumas das publicações sobre o certame.

Correio da Manhã (AQUI)


Público (AQUI)

Diário de Notícias (AQUI)

Move Notícias (AQUI)

Blitz (AQUI)

Espalha-Factos (AQUI)

NiT (AQUI)

Infocul (AQUI)

Jornal de Notícias (AQUI)



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: DN/CM/Publico/EspalhaFactos/NiT/Blitz/MoveNoticias /Imagem: ESCPortugal

31 comentário(s):

  1. Anónimo23:10

    Aquele momento em que o CM, melhor jornal português, coloca uma imagem da Kika que nem sequer é relativa ao FC xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:37

      Espero que estejas a ser irónico quando dizes "melhor" :))

      Eliminar
    2. Anónimo07:42

      Óbvio xD

      Eliminar
    3. E dizem, no final do artigo, que a Final decorrerá no dia 6... Enfim, será que os "jornalistas" não sabem que se deve confirmar a informação antes de publicá-la?

      Eliminar
  2. Anónimo23:19

    o que fica deste festival é "posso ficar com o ovinho" "Não bitch" =)) =))

    ResponderEliminar
  3. Anónimo23:34

    Ok ja ouvi a do Salvador varias vezes e consigo gostar mais. Lembra estilo antigo como o Dean Martin, Nat king cole, conseguia ver esta musica no filme Lalaland. No entanto receio que nao seja suficiente para passar à final na eurovisao. Espero pela 2ª semi, com baixas expectativas.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo23:35

    Bem...só por isto vão continuar a fazer o festival. Publicidade é coisa que a rtp gosta lol seja boa ou má.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo23:49

    Na final vai haver juri ou nem por isso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:53

      vai, mas em caso de empate a votação do público é que desempata (nesse aspeto somos diferentes da Espanha :)) )

      Eliminar
    2. Anónimo07:43

      Ahh! Entao pronto, porrada não vai haver como la, menos mau xD esperemos que não haja empate porque não ia gerar porrada mas confusão a mesma do povo, se bem que isso vai acobtecer de qq das formas

      Eliminar
    3. Anónimo08:33

      Desculpem mas este júri é só para as semifinais

      Eliminar
    4. Anónimo06:19

      a serio? qual é o juri da final entao?

      Eliminar
  6. Anónimo02:07

    so me parece de facto desajustado um elemento do júri fazer este "apelo". Pode ser injusto para outros participantes e até abrir portas para que questionem a imparcialidade do júri. Independentemente de concordar ou não, não me parece bem esta analise antes de estar escolhido o vencedor....

    ResponderEliminar
  7. Maria Eugénia03:09

    Quem é que disse bitch durante o espectaculo?

    ResponderEliminar
  8. Anónimo08:51

    Uma pena a lisa ter saido, anyway deixo aqui um comentario lido agr :

    *Esta canción mola muchísimo. En Madrid nos pusimos todos bailando. Sinceramente, creo que habéis perdido una oportunidad para obtener una excelente posición en eurovisión. Jamás habéis llevado algo así, y no creo que dentro de mucho llevéis algo igual. La voz de la chica? Pues es la adecuada para el estilo de canción. No necesita llorar, gritar o similar un ataque epiléptico para hacer una buena performance. Con unas mejoras esta performance seria alucinante en Kiev. Que el jurado no la haya votado, pues lo entiendo (son señores con la edad de mi abuela que creen que lo que hay que llevar es la canción típica - orgullo nacional por encima de lo comercial - , pero que haya quedado en 4 en la votación del público, me ha chocado mucho, la verdad. Y eso no es culpa del jurado. Eso es el reflejo de que todavía los eurofans en Portugal les gusta la actuación nostálgica y melancólica. En todo caso, suerte con la propuesta ganadora.*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo09:08

      Foi uma das piores actuações da noite....mesmo que a música não fosse má...O que se fazia em Kiev playback?

      Eliminar
    2. Anónimo13:00

      Um, nao foi das piores actuaçoes, pelo contrario. O som estava pessimo para toda a gente.

      Eliminar
    3. Anónimo13:01

      Sera que os fas do Salvador nao aceitam que existam pessoas que tenham gostado mais de outros concorrentes? Começa a ser irritante.

      Eliminar
    4. Anónimo13:47

      Infelizmente, o televoto foi o reflexo de votos massivo de fãs. Acredito que houve algumas pessoas a votarem em consciência na melhor canção... E outros na mais "o-que-é-isto??".

      Eliminar
    5. Anónimo14:09

      Ahah os espanhóis falam falam falam má também só escolhem merd*

      Eliminar
    6. Anónimo14:17

      Anónimo das 13:47, que queres dizer com isso? E qual é a música "o que é isto" a que te referes?

      Eliminar
  9. Anónimo10:29

    Bons dias!

    Antes de mais, um comentário em relação às canções apresentadas. Para um festival que prometia um cartaz diversificado, moderno e internacional, deixou a desejar. As baladas eram mornas, nada que explorasse a voz dos intérpretes, nada de memorável, tudo muito sensaborão. O cenário não achei assim tão brilhante como outros comentadores aqui consideraram. Acho que para um Festival da Canção que é um evento anual e que se pretendia um grande regresso, foi pobre, obscuro e qualquer programa semanal de The Voice ou Got
    Talent cria mais impacto.
    O que me deixou muito negativamente impressionado foi mesmo... o júri. Não duvido que Júlio Isidro seja uma boa escolha como Presidente. Mas toda a restante composição é dantesca. To Zé Brito e Ramón Galarza são extemporâneos e não se enquadram num FC do século XXI. As escolhas de Dora e Gabiela Schaff são, no mínimo, bizarras e apenas se justificarão por serem amigas pessoais de Júlio Isidro ou de alguém da produção. A Dora atuou no Festival em 86 e 88. Esteve décadas fora. Quer queiramos, quer não, não é um grande nome da música portufguesa. Grabriela Schaff... A sério, mesmo??? Concorreu ao FC há 38 anos atrás, ficou em 2º lugar, vive no estrangeiro, já tem alguma dificuldade com o português, como aliás ficou demonstrado, não é identificada por ninguém em Portugal. É neste momento uma anónima como eu ou qualquer outro espectador em casa. Inês Menezes, Inês Lopes Gonçalves ou Nuno Markl foram três escolhas que se revelaram estranhas e decepcionantes. Os três já ouvi desdenharem, noutros anos, o FC. Não se identificam com os géneros, não seguem a Eurovisão, cultivam outros estilos de música. Nem se pode dizer que pertencem à "família RTP". Além de que poderão ter relações pessoais com alguns dos concorrentes e autores. Um FC que não convida para júri nenhum representante da última década, que não fala de nada do que se tenha passado na Eurovisão nos últimos anos, que daá sono pela forma como respeonde às perguntas, elas próprias pouco inspiradas. Creio que um quarteto composto por António Calvário, Madalena Iglésias, Simone de Oliveira e Eduardo Nscimento no júri seria até mais pertinente e teria mais conhecimento de causa do que este.

    Em relação ás escolhas, pareceram-me as possíveis, mais devido à qualidade dos intérpretes do que das canções, todas muitos sofríveis.
    Penso que Nova Glória, mais bem canatda, harmonizada, com metade em inglês poderia ser a melhor representante.

    Mas permanecemos a anos luz do que seria uma participação orgulhosa no ESC. E penso que aí há um bocadinho de desrespeito com o evento em si e com a comunidade de todos os fãs do ESC, porque para eles este eventoi é tão imporantes como o Mundial ou o Euro. Ainda tenho esperança que, no futuro, se volte a ver o ESC como uma janela artística para a Europa. Mas ainda não será esta década.

    Hugo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não diria melhor. Subscrevo

      Eliminar
  10. Anónimo12:21

    Portugal tem de ser mais inovador: este Festival da Canção 2017 devia ser uma primeira etapa (um ensaio) para escolher 8 canções e depois o público estrangeiro escolhia / votava em 3 dessas oito. Como seria um processo demorado era melhor iniciar no Natal de cada ano para termos um vencedor no ano seguinte

    ResponderEliminar
  11. Anónimo13:38

    A canção da Luisa Sobral foi talvez das mais bonitas que alguma vez ouvi num Festival da Canção

    ResponderEliminar
  12. Anónimo15:06

    A musica da deolinda e do salvador nao deviam ter passado.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo15:11

    Estou PREOCUPADO. A primeira semi tinha os melhores cantores, o que esperar da segunda?.....

    ResponderEliminar
  14. Anónimo17:22

    Vou ser muito sincera: depois do que ouvi na 1ª semi-final do Festival da Canção, a minha ÚNICA e repito, a ÚNICA esperança que tenho é no Pedro Gonçalves. Pela entrevista que ele deu, em que ele disse que a canção iria colocar os europeus a pensar «Esperem, mas é Portugal que está a cantar isto?» e que é muito diferente de tudo o que se tem feito até à data e que transmite uma energia positiva, espero mesmo que seja algo fresco (é em inglês, mas pronto, seja). Vindo do Pedro e conhecendo o seu trabalho, sou capaz de acreditar. Deus queira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo06:18

      vai ser algo em acústico de certeza

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top