Héber Marques é dos mais bem-sucedidos intérpretes e compositores da música portuguesa na atualidade. Depois da estreia em 2015, Héber regressa ao Festival da Canção, compondo uma canção para a voz de Rui Drumond. Hoje, o músico está em entrevista com o ESCPORTUGAL.

Nasceu em Portugal, mas é filho de pais angolanos. É um autodidata que ama a música e usa para adorar a Deus, como já afirmou em diversas entrevistas. O seu primeiro disco foi produzido em 2006 quando tinha 21 anos de idade. “Motivações” é o título desse trabalho, uma parceria com o pianista e produtor Ruben Alves. Atualmente, é a voz da banda HMB e, como solista, tem trabalhado com outros artistas, como por exemplo Rita Guerra e Matias Damásio. O vídeo de “Loucos”, publicado no youtube há apenas 3 meses, já ultrapassou os 13 milhões de visualizações. Recorde dois dos maiores sucessos discográficos das rádios no momento:




“Fiquei feliz por ter sido mais uma vez considerado”, começou por afirmar em entrevista ao ESCPORTUGAL quando o incentivámos a reagir a mais um convite para participar no Festival da Canção. Esta é, aliás, a sua segunda participação. Em 2015 Filipe Gonçalves interpretou uma canção de sua autoria “Dança Joana”, que se transformou no maior sucesso comercial desse festival, apesar de não ter sequer passado à final do concurso. Héber Marques não encontra explicação para essa aparente incongruência. “Sinceramente, nem sei bem explicar”, afirma. “Para os meus ouvidos a música sempre foi um hit. Pelos vistos outras pessoas estavam de acordo”. Recorde essa participação:


Para 2017, a proposta de Héber Marques passa por um registo diferente. “Este ano trago uma canção mais intimista e sossegada. Tentei fazer uma coisa mais uptempo mas o meu mood não estava para aí virado”, reconhece. “Esta música acaba por ser um monólogo, alguém a falar com uma pessoa. É uma canção com uma mensagem igualmente universal, mas numa balada”.

A voz escolhida é a de Rui Drumond. Pode recordar a entrevista que o cantor concedeu ao ESCPORTUGAL AQUI. “Eu não conhecia o Rui. Foi uma feliz coincidência porque ele ligou-me por causa de outra coisa. Eu estava ainda à procura de alguém que achasse que podia cantar isto e propus-lhe se não queria ser o intérprete. Ele primeiro quis ouvir a música e depois quis fazer. Até porque já esteve em Kiev a representar Portugal e era giro repetir a façanha”. Héber assina também a letra. “Sim, sou o autor da música e letra. 99% das vezes é assim que trabalho”.

Este ano, a RTP abriu a porta a canções escritas em qualquer língua. Contudo, o nosso interlocutor preferiu escrever em português. “Eu componho melhor na minha língua”, sublinha. “É nela que me expresso de uma maneira mais honesta. Português é sempre a primeira opção”. A canção, com o título provisório “O teu melhor”, foi escrita e composta propositadamente para o festival. “Sim, compus algo para o Festival, mas livre de qualquer pressão”, fez questão de frisar.

Na entrevista com o ESCPORTUGAL, houve tempo para falar também de festivais de outros tempos. O músico confessa que não tem visto o festival europeu. “Já vi, várias vezes quando era mais novo. Mas ultimamente perdi o hábito de ver televisão. Talvez este ano seja diferente”. Convidado a destacar uma canção do festival, da RTP ou da Eurovisão, hesita na resposta. “Não sei responder a esta pergunta, honestamente. Não tenho conhecimento necessário. Mas acho a "Lusitana paixão" uma bela canção”.

Expectativas para o festival? “Quem é que entra num concurso e não quer ganhar? Não fiz a música a pensar nisso, deixo ao critério de quem vai votar, mas ganhar é um objetivo também, claro”.

Para terminar, confrontamos Héber Marques com os vários sucessos que tem entre mãos e arriscamos dizer tratar-se esta da melhor fase da sua carreira. “Gosto de acreditar que o presente é sempre o melhor lugar para se estar. Por isso, sim: Acredito que seja a melhor fase da minha tão tenra carreira de composição”. 


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL, HÉBER MARQUES /Imagem: HMB / Vídeo: YOUTUBE

4 comentário(s):

  1. Anónimo21:52

    AMO a canção "Peito". Se for algo assim fico muito feliz (f)

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:13

    Estou muito confiante nesta participaçao

    ResponderEliminar
  3. Anónimo23:38

    nao gostei nada do dança joana ..../

    ResponderEliminar
  4. Anónimo23:39

    Nao sei porque mas tenho a sensaçao de que vai sair uma coisa muito 'novela' :/

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top