O Ministro da Política da Informação do Governo Ucraniano, Yuriy Stets, desmentiu o diretor-geral demissionário da emissora estatal NTU, Zurab Alasania: "O Festival Eurovisão 2017 não será financiado pelo orçamento da emissora".

A demissão de Zurab Alasania do cargo de diretor geral da emissora ucraniana NTU continua envolta em polémica. Depois de Zurab ter garantido que o orçamento da emissora para o próximo ano seria insuficiente para os gastos da mesma, devido à organização do Festival Eurovisão 2017, como pode recordar AQUI, o ministro da Política da Informação reagiu à demissão, desmentindo o diretor demissionário.

"Obviamente que vai aumentar" afirmou o ministro quando questionado sobre se o financiamento da emissora ucraniana vai aumentar com a organização do certame, realçando que o orçamento da mesma deve estar coerente com as disposições da lei. "Isto significa que as despesas da Eurovisão não serão cobertas pelo orçamento da NTU (...) A organização do evento é um projeto one-off. E este one-off deve ser financiamento por outros meios que não o financiamento público, tal como foi acordado anteriormente", afirmou Yuriy Stets, membro do executivo desde 2014.

Zurab afirmou, aquando do anúncio da sua demissão, que o Governo entregará 42,8 milhões de euros à emissora, sendo que 16 milhões do valor serão gastos no Festival Eurovisão. Além disso garantiu que as taxas de transmissão rondam os 8,9 milhões, sendo que, contando ainda os 5,3 milhões de euros gastos em impostos, os 1,6 gastos em contas de serviço público e o investimento de 4 milhões de euros em eventos internacionais, como Campeonatos do Mundo, deixa a emissora com apenas 7 milhões de euros para o seu processo de reestruturação.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: kyivpost / Imagem: NTU

4 comentário(s):

  1. Anónimo00:28

    prevejo uma catastrofe

    ResponderEliminar
  2. Anónimo11:41

    isto é verdade?

    http://www.dn.pt/media/interior/eurovisao-2017-ucrania-em-risco-de-nao-ser-anfitria-do-evento-5481510.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo

      Até ao momento, a informação ainda não foi confirmada. Contudo, o Grupo de Referência da EBU/UER irá visitar a Ucrânia na próxima semana e tomará a decisão final como pode ler em http://www.escportugal.pt/2016/11/esc2017-international-exhibition-center.html

      Grato, Nuno

      Eliminar
    2. Anónimo16:20

      Muitas gracias.

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top