Com uma única participação em 2012, Israel poderá estar de regresso ao Junior Eurovision Song Contest em 2016, devido aos bons resultados alcançados no Festival Eurovisão.

A emissora estatal israelita IBA revelou, esta manhã, que está a ponderar o regresso ao Junior Eurovision Song Contest, depois de apenas ter participado na edição de 2012. Segundo as declarações prestadas, o regresso deve-se ao aumento de interesse do público nos eventos eurovisivos depois das participações de Nadav Guedj e Hovi Star no Festival Eurovisão que provocaram uma melhoria dos resultados do país, bem como puseram fim a um período de quatro anos sem qualquer apuramento para a Grande Final. Nas próximas semanas, a IBA irá revelar a decisão final sobre a possível participação em Valetta.

Agendado para 20 de novembro de 2016 no Mediterranean Conference Centre em Valletta, Malta, o Junior Eurovision Contest 2016 conta com catorze países confirmados, menos quatro do que o valor avançado pela emissora anfitriã: Albânia, ARJ Macedónia, Arménia, Bielorrússia, Bulgária, Chipre, Geórgia, Holanda, Irlanda, Itália, Malta, Polónia, Rússia e Ucrânia. Por outro lado, a Eslovénia anunciou a sua retirada, em protesto com as novas regras do evento, bem como São Marino, enquanto que Dinamarca, Croácia, Grécia, Letónia, Noruega, Moldávia e Suíça garantiram que não regressam ao concurso.

Israel estreou-se no Junior Eurovision Song Contest em 2012, sendo a única vez em que participou no evento. O grupo  Kids.il representou o país em Amesterdão com o tema 'Let the Music Win', tendo terminado a competição na 8.ª posição, entre doze países, com 68 pontos. Recorde a atuação de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem e Vídeo: junioreurovision.tv

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top