Depois de um ano de interregno, Chipre está de regresso ao concurso infantil. O número de países confirmados no JESC2016 sobe para 13.

Ausente da edição realizada na Bulgária devido a problemas financeiros, a emissora estatal de Chipre, CYBC, confirmou, esta tarde, o regresso do país ao Junior Eurovision Song Contest. Segundo as informações reveladas em comunicado, a emissora está já a receber candidaturas para a competição: todas as crianças entre os 9 e os 14 anos poderão enviar as suas candidaturas até 9 de setembro. Contudo, o responsável pelo anúncio não especificou se a escolha final será realizada de forma interna ou se será realizada alguma gala seletiva.

Agendado para 20 de novembro de 2016 no Mediterranean Conference Centre em Valletta, Malta, o Junior Eurovision Contest 2016 conta com treze países confirmados: Albânia, ARJ Macedónia, Arménia, Bielorrússia, Bulgária, Chipre, Holanda, Irlanda, Itália, Malta, Polónia, Rússia e Ucrânia. Por outro lado, a Eslovénia anunciou a sua retirada, em protesto com as novas regras do evento, bem como São Marino, enquanto que Dinamarca, Grécia, Letónia, Noruega, Moldávia e Suíça garantiram que não regressam ao concurso.

Estreante em 2003, Chipre participou por sete ocasiões no Junior Eurovision Song Contest, ficando de fora em 2005 devido ao plágio da sua participação e entre 2010 e 2013. A ilha mediterrânica sediou a competição em 2008 em Limassol no Spyros Kyprianou Athletic Centre. Sophia Patsalides e o tema I pio omorfi mera foram os representantes cipriotas em Marsa, conquistando a maior pontuação da história do país, 69 pontos, culminando na 9.ª posição da classificação geral. Recorde a participação de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: escplus / Imagem/Vídeo: junioreurovision.tv

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top