O Supervisor Executivo do Festival Eurovisão, Jon Ola Sand, mostrou-se optimista sobre o sucesso da edição de 2017 na Ucrânia, mas expressou as suas preocupações com a organização.

Convidado especial de um episódio extra do programa City Battle, transmitido pela emissora nacional ucraniana, Jon Ola Sand teceu alguns comentários sobre as três cidades na corrida pela organização do Festival Eurovisão. 

De forma geral, o supervisor executivo do evento expressou as suas preocupações com a próxima edição do evento, depois das inspeções conduzidas pela EBU/UER: "A Ucrânia tem ainda muito trabalho para fazer". Porém, Jon Ola Sand mantêm-se confiante com o sucesso do Eurovision Song Contest 2017, acrescentado que a escolha da arena será um passo fundamental: "A arena é um dos pontos mais importantes porque é o principal elemento do espetáculo".

Sobre Kiev, Jon Ola Sand garante que a capital do país anfitrião é sempre uma das favoritas à hospedagem: "Kiev está pronto quando se fala de infra-estruturas e hóteis. Mas o local tem de ser reformado para os requisitos técnicos que temos planeados para o evento! Eles têm um plano para que tudo funcione bem, mas ainda falta muito trabalho". Por outro lado, Dnipro, a surpresa da corrida, apresenta algumas fragilidades: "A cidade tem uma apresentação muito boa e tem de ser levada a sério. Eles têm uns grandes planos para renovar a arena, mas os hotéis e o aeroporto são um grave problema.".

Por fim, Odessa parece ganhar uma certa vantagem sobre as suas adversárias: "Fiquei feliz com a minha visita à cidade, que já demonstrou a experiência em receber grandes festivais. Cobrir a arena com uma tenda é uma ideia bastante interessante".

Recorde-se que, neste momento, estão três cidades na corrida. Clique no nome da cidade e conheça um pouco mais da mesma: OdessaDnipro e Kiev. A escolha final será conhecida a 1 de agosto.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCDaily / Imagem: eurovision.tv

19 comentário(s):

  1. Anónimo23:13

    Parece q os eurofãs sabem bem aquilo q querem, até o supervisor executivo concorda q Odessa e a melhor escolha!!! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim,sem saber pormenores tecnicos,desde o inicio a melhor opçao,so por ser a cidade de Odessa,talvez a mais bela cidade de toda a Ucrania.Importante: Tambem Jamala expressou publicamente a sua preferencia por Odessa. :)

      Eliminar
  2. Se fosse em Lisboa estava logo escolhido o local: Meo Arena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:18

      Mas falta o principal: Ganhar o ESC!!!

      Eliminar
    2. Lisboa e uma cidade sortuda,alem da Meo Arena tem a arena do Campo Pequeno com capacidade para entre 10 e 15 mil pessoas.Dum ponto de vista de sensaçao visual e arquitectonica,para mim,muito mais impactante que a Meo Arena.00.18,Para organizar um ESC nao e preciso ganha-lo,por ex. 1972,1974,1980...

      Eliminar
    3. Anónimo22:27

      No porto tambem ha bons lugares

      Eliminar
    4. Anónimo09:19

      Quais anónimo das 22:27

      Eliminar
    5. 22:27 - Quais os lugares no Porto compativeis com os criterios actuais do ESC? Nem a Casa da Musica nem o Pavilhao Rosa Mota tem lotaçao suficiente.So se for o Estadio do Dragao...Nao,o Porto muito dificilmente poderia receber,organizar um ESC.

      Eliminar
    6. Anónimo11:00

      RG, o Estádio do Dragão tem melhores condições que o Estádio de Odessa.
      O Europarque tambem tem excelentes condiçoes

      Eliminar
    7. 11:00 .Se puderes especificar e fundamentar o que afirmas,agradeço.Gosto sempre de receber novos conhecimentos,sim,mas fundamentados.Obrigado! :)

      Eliminar
    8. Apos uma breve pesquisa,fiquei a saber que o Europarque fica em Santa Maria da Feira a 25 km do Porto,o que equivaleria a dizer que por ex.um ESC realizado em Vila Franca de Xira estaria a ser organizado em Lisboa.Sim,tem uma sala de congressos para ate 11 mil pessoas.

      Eliminar
    9. Anónimo14:36

      Em Espinho acho que há qualquer coisa também

      Eliminar
    10. Anónimo14:40

      aliás, em espinho nada enganei-me, era o europarque que queria dizer. concordo também com o estádio do dragão, recordo que receberam por ex recentemente os 1D entre outros artistas bem conhecidos

      Eliminar
    11. Anónimo15:50

      Por falar em Porto, a RTP podia lá realizar o FC, no pavilhão Rosa Mota, por exemplo. Já que a RTP quer realizar um "mega" festival, seria interessante ser numa cidade diferente sem ser Lisboa.
      Para receber o ESC prefiro que seja Lisboa.

      Eliminar
    12. 15:50 -Optima sugestao! E que nao fosse so para VIP`s e uns tantos fans,mas sim um espectaculo aberto para todos.

      Eliminar
  3. Anónimo00:06

    Cobrir uma arena com uma tenda
    Meu deus ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui Ramos00:20

      Copenhaga montou quase todas as infraestruturas em tendas e nunca vi o supervisor do ESC criticar aquela cidade ou aquele pais!!

      Eliminar
    2. Anónimo00:43

      Tendo em conta que em 2014 o espetáculo foi dentro de um estaleiro, não podia ter corrido melhor, foi um ano memorável!

      Eliminar
  4. Seja onde for que se efectue o ESC 2017,que tenha mais luz e mais cor que o ESC 2016.Para mim ficou do ESC 2016 uma imagem como uma mancha azul escura cortada por fachos de luz,como holofotes numa acçao anti-aerea nocturna.Similares so me recordo de 1988 e 1995,com falta de luz,na Irlanda.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top