Depois de ter sido dissolvida há uns anos, a OTI (Organização de Telecomunicações Ibero-americana) foi relançada, contando com 30 emissoras associadas. O Festival OTI poderá estar de regresso nos próximos anos.

A Organização de Telecomunicações Ibero-Americana (OTI),designada Organização de Televisão Ibero-americana aquando da sua criação, a 19 de março de 1971 na Cidade do México, está de regresso. O relançamento da associação, que havia sido desativada há uns anos, aconteceu recentemente em Miami e contou com um total de 30 emissoras televisivas da América Latina e da Península Ibérica.

No encontro que marcou o renascimento da OTI estiveram representadas 30 emissoras de 21 países distintos: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Espanha, Estados Unidos da América, Equador, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Com a reativação da organização, que junta as emissoras televisivas cuja produção se realiza em castelhano ou português e tem como objetivo estimular e reforçar os vínculos entre os associados, o Festival OTI poderá estar de regresso, depois de um longo interregno. O concurso realizou-se, pela última vez, em 2000, aquando da sua 28.ª edição, não tendo sido realizado no ano anterior, devido a uma calamidade natural acontecida na cidade-sede Veracruz. Ao longo dos anos, 27 países ibero-americanos, bem como Antilhas Holandesas, Estados Unidos da América, Canadá, Arruba e Guiné Equatorial, participaram no evento.

Participante em 22 edições, Portugal conquistou 4 posições no pódio do concurso: Adelaide Ferreira e 'Vem no meu sonho' alcançou a melhor classificação portuguesa no evento ao ser 2.ª classificada em 1984, enquanto que José Cid (1979), Anabela (1993) e Beto (1998) alcançaram a 3.ª posição. Apesar de nunca ter vencido, a edição de 1987 foi sediada na capital portuguesa, mais precisamente no Teatro São Luíz.

Recorde algumas das participações de Portugal no evento:













Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix-world; OTI / Imagem: OTI /Vídeo: YOUTUBE

6 comentário(s):

  1. No Festival da OTI,Portugal frequentemente destacou-se por presenças com um um cariz mais eurovisivo,comparadas com as dos outros paises.Tonicha arrasou com "Gloria gloria aleluia",mas nao subiu ao podio.Creio que esta cançao no ESC dos anos 70 teria subido bem alto.Welcome back OTI!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo00:12

    Só acredito vendo

    ResponderEliminar
  3. Anónimo01:13

    Incrível que ao mesmo tempo que Portugal participava no OTI foi quando levou grandes músicas para a Eurovisão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:07

      hmmm não sei porque ainda não tinha nascido, mas se assim foi... que regresse o Festival OTI!

      Eliminar
    2. 01.13 - Nem sempre assim foi,tambem enviamos a OTI muito,mesmo muito lixo de subproduçao musical,que nem sequer representava o estilo dos artistas em questao ou o normal do pop tuga da epoca.A cançao de Dora e um exemplo disso.

      Eliminar
  4. Anabela Banana10:54

    Ai que bom! Saudades!

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top