A emissora ucraniana NTU anunciará a cidade-sede do Eurovision Song Contest 2017 a 1 de agosto, tendo sido revelados os detalhes do processo de seleção. Além disso, o evento poderá ser adiantado uma semana.

Chefiada pelo primeiro ministro ucraniano, Volodymyr Gorysman, aconteceu, esta manhã, a primeira reunião da comissão organizadora do processo de seleção da cidade anfitriã do Festival Eurovisão 2017. A reunião contou presença de elementos da NTU e do governo ucraniano, tendo sido anunciado que a cidade escolhida será conhecida a 1 de agosto.

Entre hoje e dia 8 de julho, as cidades interessadas em sediar a competição deverão enviar as suas candidaturas para a emissora ucraniana, sendo que deverá cumprir as seguintes regras: a arena candidatura deverá acolher, pelo menos, 7 mil espectadores, sendo ideal que o recinto tenha capacidade para 10 mil pessoas, sendo munida de um local para um centro de imprensa que possa acolher 1550 jornalistas; o recinto deverá ser coberto, enquanto que a cidade anfitriã deverá ter acesso a um aeroporto internacional moderno, bem como de um local onde possa ser realizadas as recepções de boas-vindas e os eventos de despedida.

Depois de analisadas todas as candidaturas, entre 18 e 22 de julho, as cidades deverão apresentar as propostas ao comité organizador da escolha, sendo esse responsável por eleger duas cidades que serão inspecionadas pela EBU e pela NTU, que, a 1 de agosto, decidirão qual a cidade sede do ESC2017.

Contudo, durante a reunião de hoje, foi ponderada a alteração das datas da próxima edição do evento. Com datas preliminares de 16, 18 e 20 de maio, o Festival Eurovisão 2017 poderá acontecer na semana anterior, sendo a final realizada a 13 de maio, sendo que o assunto será discutido nos próximos encontros. Porém, a realização das meias finais da Liga dos Campeões e da Liga Europa nos dias das semifinais, poderá impossibilitar a mudança.

Recorde, de seguida, a vitória de Jamala no Festival Eurovisão 2016:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix/ESCtoday / Imagem e Vídeo: eurovision.tv

5 comentário(s):

  1. Pedro Carvalho14:22

    Com essas regras , só mesmo Kiev

    ResponderEliminar
  2. Que tenham bom senso e contençao,que nao se deixem levar pelo objectivo de ultrapassar Moskva 2009. A capacidade hoteleira e um dos elementos,que logo a partida elimina uma serie de cidades candidatas.Como cidade, Odessa seria uma alternativa muito interessante a Kyiv.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo16:36

    Omg se for 13 de maio é mesmo na comemoração do centenário das aparições de Fátima. N é superstição mas quem sabe se não será desta que vencemos a Eurovisão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:28

      olha por acaso bem pensado :)

      Eliminar
  4. Anónimo11:28

    que acham destas sugestões para nós em 2017? https://www.youtube.com/watch?v=lnc9EFC_Uz4

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top