O Ministério do Desenvolvimento Económico ucraniano acredita que a Ucrânia tem os fundos necessários para organizar o Eurovision Song Contest 2017.


Jaanika Merilo, conselheira do Ministério do Desenvolvimento Económico ucraniano, afirmou que o país "pode-se dar ao luxo de organizar o Festival Eurovisão da Canção de 2017". Jaanika acredita que a Ucrânia o pode fazer com um orçamento similar ao de 2002 (Estónia) e 2013 (Suécia). Nestes anos a Eurovisão teve um custo aproximado de 8 e 13 milhões, respetivamente. A conselheira mostrou-se ainda defensora da ideia de escolher uma cidade anfitriã que não seja a capital, Kiev.

O antigo presidente da NTU, Taras Stetskiv, também acredita que a Ucrânia tem os fundos necessários para receber o evento europeu. Em 2005, quando o país organizou o ESC e Taras ainda era presidente da estação pública, o orçamento previsto foi de 23 milhões. Nas contas finais os gastos terão sido menores que o esperado, em cerca de 10 milhões. 


A Ucrânia adquiriu o direito de organizar o ESC2017 depois da vitória de Jamala, em Estocolmo. Recorde a canção vencedora da edição deste ano:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem e Vídeo: eurovision.tv

20 comentário(s):

  1. E com isto não podemos estar à espera de um palco todo tecnológico e de uma mega produção, mas isso é o menos importante, o que importa é a qualidade das canções.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:27

      Eu gosto da tecnologia 😢

      Eliminar
    2. Anónimo13:37

      Se fosse assim estariamos a espera que a Suécia ou a Rússia ganhassem todos os anos, e nao é esse o objetivo da eurovisao

      Eliminar
    3. Back to basics, espero eu,o que nao significa emissao a preto e branco e microfones a funcionar deficientemente.Estou optimista quanto ao ESC 2017 na Ucrania.Odessa seria uma belissima cidade para receber o ESC.

      Eliminar
    4. Anónimo15:18

      A eurovisao tambem é para inovar a televisao, fazendo coisas diferentes e isso...

      Eliminar
    5. Anónimo19:47

      A tendência é que quanto mais vemos mais queremos, mas o importante é o desfile de canções.

      Eliminar
  2. Anónimo13:25

    Okey, depois de um ano excelente, a mediocridade "nos espera" ...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:27

    Quanto gastaram este ano?

    ResponderEliminar
  4. Anónimo13:46

    O ESC é um festival de canções e não de tecnologias e por causa das tecnologias que a prestação da Russia deste ano parecia um Teledisco para vermos coisas deste genero os cantores nem precisam de se deslocarem ao país realizador fica mais barato para a delegação , tecnologias sim mas Q.B.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:42

      Inteiramente de acordo, se bem que como teledisco preferisse a actuação da Islândia, com uma boa interacção com os 'video mappings' posterior e inferior e algumas imagens a lembrar os vampiros suíços de 2007, para além de não existirem as sombras da intérprete no placard posteior, como acontece na actuação Russa (e que abomino!!).

      Eliminar
  5. Pedro Carvalho14:03

    transmitiu ainda ha pouco tempo diversos jogos do Europeu de futebol organizado na Ucrania, por isso não ha que ter medo

    ResponderEliminar
  6. Anónimo15:44

    Vai acontecer como a mudança do ESC 2009 para o ESC 2010: depois da grandiosidade russa em 2009 (com um palco nunca antes visto), em 2010 na Noruega o palco foi muuuito pobrezinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:49

      eu discordo...o de 2009, foi muito bom e grande, mas o de 2010 foi pequeno e com muita qualidade, também foi muito bom...

      Eliminar
    2. Anónimo22:39

      Estive em ambos os invocados e prefiro de loooonge o de Moscovo 2009. Em tudo, incluindo a disposição da sala. Foi realmente único.

      Eliminar
  7. Anónimo16:49

    Espero que o som não esteja como em 2005 em que Portugal foi bem prejudicado

    ResponderEliminar
  8. Anónimo16:49

    Espero que o som não esteja como em 2005 em que Portugal foi bem prejudicado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:57

      Portugal será prejudicado de certezinha absoluta!

      Eliminar
  9. Anónimo20:59

    Mandei este e-mail Á SIC:
    Boa Tarde,
    Caros S.rs

    Venho por este meio manifestar o meu desagrado pelo desprezo dado pela RTP ao Festival Eurovisão da Canção.
    Infelizmente hoje em dia os jovens portugueses, especialmente adolescentes não fazem a menor ideia do que é a Eurovisão, afinal de contas é o maior evento musical do mundo! Normalmente só os grandes ícones da musica nacional e internacional, são uma fonte de inspiração ou atenção como: D.A.M.A; Agir; Beyoncé; Justin Bieber, entre outros.
    Ninguém faz a menor ideia do que é este Euro Festival. Este evento tem um canal no Youtube, com mais de 1 milhão de subscritores. Para não falar dos vídeos que lá são publicados. Desde construção do palco (grande fonte de divulgação de arte na Europa), até aos ensaios e bastidores. Verdade seja dita, Portugal não tem conseguido ter boas prestações da Eurovisão, também devido ao facto da RTP não se empenhar para que Portugal seja reconhecido internacionalmente. Como consequência: fracas audiências devido à quase nenhuma promoção do “Festival RTP da canção”. Logo, se a RTP não dá a conhecer, também não irá ter bons resultados a nível das temidas audiências na Eurovisão, como o programa merece. Escrevo este e-mail, precisamente para manifestar a minha opinião acerca da estação de televisão que devia transmitir este programa: obviamente a SIC. Sei que a vossa estação foi criada a 6 de Outubro de 1992, precisamente com o papel de inovar a televisão portuguesa, especialmente a pensar nos mais novos. Tenho 14 anos, por isso recorri á vossa estação. A minha sugestão é a seguinte: Comprem os direitos de transmissão da Eurovisão, apesar de saber que precisam de fazer parte da EBU, caso não consigam, tentem chegar a um consenso com a televisão pública, por exemplo: a SIC fazer a promoção, e a RTP, fazer o Festival da Canção, sendo que depois a SIC transmite o espetáculo eurovisivo, ou vice versa. Assim termino esta mensagem, com uma sugestão que considero pertinente.
    Obrigado pela atenção prestada
    Atenciosamente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:16

      Eu sou jovem, mas já na fase adulta, não estou de acordo contigo. Para já não gostava de ver D.A.M.A, Agir a representar Portugal, eles têm sucesso, apenas no nosso país, eu sei que eles poderiam bem contribuir para as audiências mas não vão ter sucesso na Eurovisão. E também inspiração em Beyoncé e Justin Bieber? Não é melhor os artistas serem eles mesmos e não tentativas falhadas de Beyoncé e etc?
      E essa ideia da SIC transmitir o ESC e a RTP fazer o Festival da Canção é desnecessária a EBU não vai aceitar.
      A RTP tem de publicitar o FC/ESC quando estiver a ocorrer o The Voice ou o Got Talent que costumam ter boas audiências e lançar spoilers do novo FC, só assim é que o público percebe que o Festival da Canção ainda não é coisa dos anos 60-90'.
      Espero que compreendas o meu ponto de vista.

      Eliminar
    2. Anónimo17:52

      O k estava a dizer, é k agora os DAMA e Agir, é a unica coisa que os jovens ouvem!!!!!

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top