A pequena cidade de Cherkassy tornou-se a sexta na corrida para organizar o Eurovision Song Contest 2017


Cherkassy é a sexta cidade a anunciar que quer receber o Festival Eurovisão da Canção de 2017. Com cerca de 300 mil habitantes, fica a 200 quilómetros para sul de Kiev, capital ucraniana. Apesar do governo ucraniano se ter pronunciado a favor de organizar a Eurovisão fora da capital é muito improvável que a escolha recaia sobre Cherkassy por causa da falta de infraestruturas. Pode recordar as outras cinco cidades a concurso AQUI.

A cidade anfitriã da Eurovisão 2017 será conhecida dentro de dois meses. A promessa foi feita por Victoria Romanova, diretora geral da NTU e chefe da delegação ucraniana. A estação pública está a analisar todas as propostas e escolherá aquela que melhor se adequar às exigências da União Europeia de Radiodifusão. A UER exige, entre outras coisas, que a cidade anfitriã tenha um arena adequada, capacidade hoteleira, transportes públicos, infraestruturas básicas e de conexão internacional (aeroportos).

Entretanto, o ministro do desporto ucraniano, veio a público dizer que o NSC Olimpiyskiy é a melhor arena para receber a Eurovisão. O estádio tem uma capacidade para mais de 70 mil pessoas mas é expectável que possa receber apenas 40 mil, depois da construção do palco. Ainda assim, este seria o segundo maior número de sempre, só ultrapassado pela edição de 2001. O problema deste estádio é a falta de cobertura, condição essencial e exigida pela UER. Os ucranianos garantiram também que a segurança estará no nível máximo e que o próprio exército será chamado a intervir.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: oikotimes; eurovoix / Imagem: Google

2 comentário(s):

  1. Cheira-me que vamos ter uma grande eurovisão, parace que a Ucrânia quer mesmo fazer o melhor possível...

    ResponderEliminar
  2. Segurança garantida ate pelo exercito?!?! OK,assim seja,mas para uns ouvidos ocidentais da a sensaçao de estarmos em estado de guerra aberta.Declaraçao pouco sensata dum ponto de vista psicologico...Talvez venhamos a ter baterias de misseis anti-aereos a volta do recinto do ESC?!?!

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top