O supervisor executivo do Festival da Eurovisão, Jon Ola Sand, revelou que os Estados Unidos da América estão a ponderar criar um evento nacional baseado no Eurovision Song Contest.

Em conferência de imprensa nas imediações do Globen Arena, Jon Ola Sand, supervisor executivo da EBU/UER, revelou que os Estados Unidos da América ponderam criar um concurso baseado no Eurovision Song Contest. Segundo Jon Ola Sand, a EBU/UER está em contacto com produtores americanos há vários meses, sendo que a ideia seria um concurso entre os diferentes estados americanos, mas baseado no concurso europeu. Além disso, o supervisor executivo do evento revelou que a ideia original partiu dos americanos, mas confirmou que não há qualquer tipo de planos para que o país entre a concurso no Festival da Eurovisão: "Ao contrário da Austrália, os Estados Unidos não têm um historial de transmitir o evento nem um público fiel ao evento".

A confirmar-se a criação do evento, os Estados Unidos da América juntar-se-iam à Alemanha e à Rússia na lista de países com concursos regionais baseados no Festival da Eurovisão. A Alemanha organiza o Bundesvision Song Contest entre os seus dezasseis estados desde 2005, enquanto que a Rússia procura anualmente o melhor cantor do país, sendo que cada um dos 85 estados federais apresentam uma candidatura distinta.

Lembramos AQUI que os Estados Unidos da América transmitem o Festival da Eurovisão este ano, pela primeira vez na sua história.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem: 

7 comentário(s):

  1. Anónimo21:27

    OMG LOL Se existir um dia esta Americavision Song Contest vai dar molho: um pais como os EUA não consegue nunca fazer nada sem controvérsia e tensão que pode muito facilmente gerar violência. Acontece o mesmo em todos os domínio da vida americana, isto não seria diferente atendendo à forma como a nossa Eurovisão gera barulho em certas circunstâncias. 50 estados e quantas semi finais? Cantores brancos e cantores pretos ou de outra etnia? Posições políticas republicanas e democráticas? Géneros musicais com raízes étnicas e culturais: white trash christian country e black music? Como se vai escolher a melhor canção neste contexto de extremos e polarismos que só num país como os EUA são possíveis? Vai ser lindo vai ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se você quer ver um país divido DE VERDADE, vem para o Brasil (mas não use vermelho ou amarelo, você pode ser espancado por isso).

      Eliminar
  2. Anónimo21:50

    Eu gostava que houvesse uma eurovisão a nível mundial, mas que continuasse a eurovisão na mesma. Defendo uma ideia assim como existe no desporto, o chamado "euro" e o "mundial". O que acham?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que seria uma ideia interessante,a de haver um ESC e um WSC (World song contest) .Haveria eliminatorias a nivel continental?

      Eliminar
  3. Anónimo22:57

    Eu acho que os EUA deviam era criar um ESC com os Paises da America assim como a Australia esta a fazer com os paises asiaticos. Depois faltava um para a Africa e depois fazia se um concurso entre os vencedores de cada continente

    ResponderEliminar
  4. Como o esc é o melhor programa do mundo agora quer tudo imitalo...
    Até podem criar uma cena do gênero mas não metao o nosso esc ao barulho... Eu já não concordo muito com a autralia participar embora traga músicas excelentes,mas acho que a essência do esc pode vir anperder-se com a entrada de países não europeus e agora já estao a querer arranjar concorrência para o esc..., mas pronto, nunca vao conseguir fazer melhor que o Eurovision Song Contest.

    ResponderEliminar
  5. demoro para esse paíszinho invejoso querer imitar. tomara que essa praga nunca entre no Eurovisão original. xô E.U.A. que fique pra lá com seu NorteAmericaVision, já que faz questão que o festival fique só no seu país excluindo nós do sul da América, ou seja, ao contrário do Eurovisão original que foca a maioria dos países da Europa em vez de ser em um só

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top