Portugal: “Há um mar que nos separa” em inglês e espanhol

Leonor Andrade encontra-se a gravar versões de “Há um Mar que nos Separa” em espanhol e inglês, que em breve estarão disponíveis para áudio.


Tal como informámos no passado dia 19 AQUI , para além da versão em português, que será interpretada no palco de Viena, a representante de Portugal no Festival Eurovisão encontra-se em fase de gravação de quatro outras versões do tema "Há um mar que nos separa", com o qual ganhou o Festival da Canção 2015. Leonor Andrade está a gravar uma versão em espanhol, outra em inglês e duas em acústico.

A notícia, avançada pela RTP, dá-nos conta que a uma das versões acústicas contará com a própria Leonor Andrade ao piano. “A versão que será tocada por mim foi uma sugestão que me deram e eu achei muito engraçado porque gosto muito de tocar piano e já tinha tocado esta música várias vezes. É uma forma de sentir a música de forma mais intensa. Estou só eu e o instrumento e há uma entrega ainda maior”, afirmou ao site da estação pública.

Quanto às versões em inglês e espanhol, Leonor fala da dificuldade de às vezes sentir cada palavra como o faz em português: “Hoje, a gravar, cantei primeiro a versão portuguesa e depois em espanhol. E apesar de me estar a esforçar para transmitir e sentir a música, é muito mais difícil. Não quer dizer que não se sinta, mas é muito mais complicado”, afirmou à mesma fonte.



Esta e outras notícias também no nosso Facebook. Visite já!
Fonte: RTP / Imagem: RTP

47 comentários:

  1. Anónimo20:17

    Boa!! mas toca a promover isso

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:19

    Estou curioso. Mas na verdade, a grande divulgação que tem de ser feita é a da versão em inglês e essa tem de estar impecável. No wiwibloggs os comentários sobre Portugal são em geral muito bons e surpreendentes, mas as pessoas aguardam essa versão.

    Um vídeo de qualidade (sem nada de apelo ao turismo, please!) seria otimo para o youtube, porque a grande divulgação faz-se aí. As festas de Londres e Amsterdão cobre uma % ínfima dos que realmente votarão nas semifinais.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo20:21

    Estou curioso. Mas na verdade, a grande divulgação que tem de ser feita é a da versão em inglês e essa tem de estar impecável. No wiwibloggs os comentários sobre Portugal são em geral muito bons e surpreendentes, mas as pessoas aguardam essa versão.

    Um vídeo de qualidade (sem nada de apelo ao turismo, please!) seria otimo para o youtube, porque a grande divulgação faz-se aí. As festas de Londres e Amsterdão cobrem uma % ínfima dos que realmente votarão nas semifinais.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo20:25

    Só tenho visto comentários bons a cerca da nossa canção, isso é bom, Portugal tem que passar este ano, votem:

    http://xat.com/EUROVISIONPLACE?p=3 - Estamos em 2ºlugar na primeira parte da nossa semi final

    http://strawpoll.me/3918497/r - Estamos em 3º lugar, todos os participantes

    https://wiwibloggs.com/2015/03/23/poll-win-semi-final-2-eurovision-2015/87055/ - Estamos em 10ºlugar na nossa semi

    http://eurovisionireland.net/2015/03/19/poll-what-countries-should-qualify-from-semi-final-2-for-the-eurovision-grand-final-2015/ - Estamos em 1ºlugar

    https://community.voycer.com/esc-2015-2nd-semi-final-favorite/voting-ansehen/4714194e7d31d8ae486698b38c7f800a/1/neueste-votings - Estamos em 3º lugar

    Lugares bons, força Portugal !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabei de ir ao eurovisionireland.net e realmente estamos em 1º lugar na semi2 para passar a final! Nunca me lembro em tempo algum de ter visto Portugal a liderar uma esc-poll ... Ah sim,claro que votei na nossa Leonor!

      Eliminar
    2. Anónimo21:45

      Os tugas sao excelentes a votar em sondagens pela net. LOL

      Eliminar
    3. Em anos anteriores nao foi isso que se viu. LOL a dobrar!

      Eliminar
    4. Anónimo01:23

      LOL a triplicar. Porque não listou, Sr. Anónimo das 20:25, o poll do ESCNation e a bolsa de apostas?

      http://tummiweb.com/scorewiz/poll/results#split

      http://www.oddschecker.com/tv/eurovision/winner

      Eliminar
  5. Anónimo20:25

    Gostei! Mas também queremos um VIDEOCLIP!!!!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo20:39

    Quando ouvimos estas versões?

    ResponderEliminar
  7. Anónimo21:32

    DEVIA SER A VERSÃO EM INGLES NO ESC! PORTUGUESES VAMOS RECLAMAR A RTP! EXIGIR INGLES!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:52

      Eu preferia em Mandarim

      Eliminar
    2. Anónimo21:57

      concordo! ingles para esc ja!

      Eliminar
    3. 21:52 - De certeza que em Mandarim seria a sensaçao das sensaçoes no ESC! Do ponto de vista de notoriedade e visibilidade seria uma hipotese a ter em conta,nao para este ano(ha ja pouco tempo),mas para 2016,porque nao?

      Eliminar
  8. Anónimo21:38

    não sentiu a musica ao cantar em ingles? então e como ela acha que os estrangeiros vão sentir a musica ao ser cantada por uma lingua que não entendem? ah pois, com cantores assim é por isso que em 50 anos nem um top 5.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:14

      tomara tu seres um cantor assim!!

      Eliminar
    2. Anónimo19:19

      que comentario triste!!

      Eliminar
    3. Anónimo21:46

      Comentario desastrado,de mais um anglofilo!

      Eliminar
  9. Anónimo21:47

    vergonha, pq rtp faz tudo ao contrário?
    sem videoclip, gravação de um CD só para lucrarem... simplesmente estupido!
    E é verdade o que fontes da rtp andam a dizer? que a leonor não vai à amesterdão e londres? então como vamos promover a nossa musica? ENFIM!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo21:58

    leonor acha que ESC é um festival de culturas, leonor ouves canto alentejano no teu mp3? ouves fado no teu mp3? duvido muito... só dizes isso para não ficares mal vista na RTP... nem parece ter 20 anos, ESC atualmente é ingles, apenas isso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:23

      Nao e nada so ingles,tas mesmo enganado,ha pessoal jovem que so consome musica em portugues,Acredita,nem todos sao como tu e o pessoal da tua tribo.O mundo ta cada vez mais diverso! E ainda bem!

      Eliminar
    2. Anónimo22:35

      Ora aí é que você está errado. E so para aqueles que querem tanto a versão em inglês fiquem sabendo que quase ninguém liga á letra mas sim ao ritmo, ao instrumental, á voz e á apresentação.

      Eliminar
    3. Leonor começou a tocar piano aos 4 anos...so isto diz muito da possivel formaçao e orientaçao musical dela - de certeza muito para alem do mundo da pop-rock cantada em ingles! Leonor Andrade parece ser tambem bastante sensata e equilibrada.

      Eliminar
    4. Anónimo23:04

      concordo plenamente, o top10 do esc é sempre em ingles!

      Eliminar
    5. Anónimo23:29

      23:04 - Isso nao corresponde a verdade! Informe-se melhor!

      Eliminar
    6. Anónimo06:27

      Que raiva.. Depois de um bom ritmo...Esta gente não vê que é fundamental cantar em Inglês na Eurovision (aprendam com os outros países que adoram as suas linguas) Saiste de Portugal fala a lingua deles... Discusão atrasada esta da lingua.... já irrita e quanto à forma da canção aprendam tb com os outros (Suecia/ucrania/Azerbeijao/russia) sempre no top 10 e cantam em iiiiiiiinglllllllesss muito pior que portugal que sabe cantar bem em ingles e nao o fazzzzz nunca (total)

      Eliminar
    7. 21:58 - Sabias que a Lady Gaga,apesar do estilo dela,conhece,toca e curte musica de Glenn Miller,Frank Sinatra e similares? O facto de se ser por ex. artista MTV nao impede de ter gostos e conhecimentos vastos.Alias a Lady Gaga e muito boa pianista.

      Eliminar
  11. Anónimo23:00

    O ESCTATS é o site que tem apresentado boas projecções desde há muitos anos: http://www.escstats.com/chart15.htm

    Portugal está em 15.º, mas a verdade é que só entrou na votação há poucos dias...
    Bora lá votar e colocar Portugal onde merece... a dar nas vistas rápido ;)

    ResponderEliminar
  12. Ontem, 23 de março, deu-se uma reunião entre a Organização Geral dos Amantes da Eurovisão (OGAE) de Portugal e o Secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita, onde foram discutidas estratégias para proporcionar uma maior visibilidade a Portugal no Festival Eurovisão da Canção (ESC).

    O intuito destas reuniões é reunir estratégias que contribuirão para uma maior visibilidade a Portugal no ESC, assim como reunir apoios para a realização de eventos e atividades relacionadas com o certame em Portugal, algo que poderá resolucionar a quebra de audiências no Festival RTP da Canção e a desvalorização da participação na Eurovisão devido aos maus resultados obtidos. Adolfo Mesquita afirmou que a Secretaria de Estado do Turismo tem interesse em ser parceiro efetivo da Rádio e Televisão de Portugal (RTP), no desenvolvimento de ações no que toca à participação na Eurovisão. 

    Após esta reunião, o presidente da OGAE Portugal, José Carlos Garcia, esteve em reunião nas instalações da RTP com a responsável pela comitiva portuguesa para Viena, Carla Bugalho, onde foram discutidas questões acerca da deslocação para o ESC2015 e sobre alguns eventos a organizar pela OGAE visando a demonstração de apoio dos fãs e sócios à representação portuguesa de 2015.

    Portugal estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1964 e o seu melhor resultado é um sexto lugar: em 1996, com Lúcia Moniz e a canção “O meu coração não tem cor". Em 2014 o país foi representado por Suzy e a canção “Quero Ser Tua”, alcançando o 11º lugar na semifinal com um total de 39 pontos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:04

      Concretamente?!

      Eliminar
  13. Anónimo09:23

    se há uma versao em ingles, porque nao a cantar no ESC?
    FG

    ResponderEliminar
  14. Anónimo10:23

    Porquê espanhol? Espanha nem vota na semi. Espanha alguma vez fez uma versão em Português? Quanto mais nos abaixamos mais se ve o *u

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tambem nao entendo, porque se vai fazer uma versao em Espanhol!?. Alem de inutil,a lingua espanhola nem se presta muito para pop-rock (como tambem nao se presta para hip-hop/rap ou R&B). Fazer por fazer, antes uma versao em Servio ou Russo,de modo a "entrar" no sector eslavo do ESC.

      Eliminar
    2. Anónimo14:45

      RG. Versão em russo: excelente estratégia. Mas seria difícil não fazer o rídiculo, porque aprender a pronúncia não é nada fácil. Mas seria uma estratégia fantástica de sedução de muitos dos países do ESC que têm muitos falantes de russo.

      Eliminar
    3. Anónimo14:46

      RG. Versão em russo: excelente estratégia. Mas seria difícil não fazer o rídiculo, porque aprender a pronúncia não é nada fácil. Mas seria uma estratégia fantástica de sedução de muitos dos países do ESC que têm muitos falantes de russo.

      Eliminar
    4. Anónimo15:03

      Quanto à votação: a seguir a cada desaire de Portugal no ESC apareço por estas bandas e deixo a minha opinião. Os grandes problemas com Portugal estão a dois níveis:

      1) Seleção das canções;
      2) Sistema de votação e
      3) Divulgação.

      Ponto 1), é fundamental:
      a) Planificar | pelos menos 6 meses de antecedência | concurso aberto a TODOS os compositores nacionais com liberdade de escolha de intérprete;
      b) Rigorosa pré-seleção interna das candidaturas segundo critérios de qualidade de modo a evitar os extremos (pimba, canções-protesto tipo Homens da Luta, trash dance...).

      Ponto 2)
      a) 50% júri | 50% televoto (um voto por nº telefónico);
      b) Júri constituído por 50% especialistas nacionais do ESC | 25% personalidades nacionais reconhecidas na música | 25% de estrangeiros entendidos no ESC.
      c) Apenas em caso de empate da canção vencedora poderá prevalecer o televoto.

      Ponto 3)
      a) Produção de um vídeo por técnicos enquadrados pela produção da RTP e compositor vencedor;
      b) Existência de duas versões: inglês e russo.

      NOTA: Admito que a RTP poderia fazer escolha interna de um(a) intérprete e a partir daí abrir o concurso conforme está definido no Ponto 1.

      Curiosidade: Alguém saberá responder se algum destes aspetos foi tratado com o secretário de Estado e RTP?

      Eliminar
    5. Anónimo15:48

      e porque não alemão que é a lingua mais falada da europa?

      Eliminar
    6. Anonimo 15:03 - A tua extensa e detalhada sugestao tem IMENSO que valeria a pena tomar em linha de conta por ex. para 2016. A mim agrada-me particularmente a escolha interna de intreprete(s) e apartir dai abrir o concurso de composiçoes.Fizeste um bom trabalho.

      Eliminar
    7. Anonimo 15:48 - Em termos globais creio que o russo e mais falado na Europa do que o alemao.Em termos de entendimento o russo e ate certo ponto compreendido por faladores de outras linguas eslavas e tambem na zona baltica.Para fins ESC o russo parece-me mais util q o alemao.

      Eliminar
    8. loll para esses comentarios... e para o vosso conhecimento o espanol é uma das linguas aprendidas em muitos paises europeus !! e acho muito bem que o faça!!! estou a espera !!!

      Eliminar
    9. Rp Tei - Lingua aprendida/estudada e diferente de lingua materna ou de lingua de tal maneira proxima,que sem estuda-la pode-se entender.Foi em 2007 o caso de "Molitva" que amigos meus russos,ucranianos e eslovacos compreenderam de caras apesar de ser cantada em Servio. Sem lol.

      Eliminar
  15. Anónimo23:34

    Hoje pus a playlist da 2.ª semi-final a correr enquanto trabalhava...

    Conclusão: mesmo com a versão FC, Portugal fica à frente em todos os sentidos. É a melhor, de longe! Todas as outras são facilmente esquecíeis, apesar de algumas serem boas canções... Também já ouvi algumas das 1.ª semi-final, continuo a achar Portugal não fica atrás de nenhuma delas...

    Estou esperançado num bom resultado... A qualificação é o primeiro passo mas temos canção para lutar pela vitória este ano... Há que apostar na promoção, bom videoclip em todas as versões, participações em festas eurovisivas, lobby nas rádios por essa Europa fora e preparar uma apresentação marcante no palco de Viena!

    RTP e equipa da Leonor toca a se empenhar mais... Dar tudo! Não é preciso assim tanto investimento...

    Boa Sorte!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muita vibe positiva nas tuas palavras. E disso tambem ,que se compoe um bom resultado seja no que for.Acreditar,ter visao,fazer boas sugestoes.Bom e bonito!

      Eliminar
    2. Anónimo14:58

      se fosse mandarim, aí então é que os jurados caíam da cadeira de tanto rir. loooooooooooooooool

      Eliminar
  16. Anónimo23:56

    RG
    Obrigado pelas suas palavras. Já dizia São Francisco de Assis que começa-se fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e por fim o que os derrotados dizem ser impossível...

    Anónimo 14.58
    Obrigado pelas suas palavras irónicas também... Quem se ri esquizofrenicamente também tem direito à vida.... Mas tente uma nova história para sua vida e acredite nela!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 23:56- Agora palavras tuas de grande dimensao humanistica,sensatez,sensibilidade e sabedoria.Obrigado. Anonimo 14:58 - Basta so assinalar que li o que escreveu.Comentar,nao vale a pena.

      Eliminar
  17. Anónimo18:08

    Eu aprendi com os anos a não ligar nenhuma aos votos dos fãs nestas coisas, porque eu também votei (a partir do estrangeiro) nas canções portuguesas, para nada. Fico com pena ao imaginar as caras de entusiasmo que os portugueses devem mostrar quando a canção portuguesa sobe uns lugares...Mas isso é tudo um não-acontecimento.

    Pelo contrário, fico mais atento às classificações nas apostas a dinheiro. Geralmente a vencedora sai desse topo 5. Quando se aposta em dinheiro vota-se. E vota-se em larga escala... Não uma dezena de votos... É um investimento. Às vezes há surpresas de grande tamanho, como a vitória de Letónia em 2002, que partiu dos últimos lugares para o triunfo. Mas não contem com o mesmo a respeito de Portugal 2015... Pensem noutra coisa.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar