Moldávia: Final nacional a 15 de março

A emissora estatal da Moldávia, TRM, anunciou que o O Melodi Pentru Europa voltará a ser usado como final nacional, mas com novas regras. A final do certame está marcada para 15 de março.

Depois da forte polémica causada pela alteração das regras na última edição, onde os cantores e os temas foram apurados em separado, a emissora da Moldávia, TRM, anunciou hoje a abolição dessa regra na nova edição do O Melodi Pentru Europa. O certame voltará a ser composto por duas semifinais, que decorrerão a 11 e 12 de março, enquanto que a Grande Final está marcada para 15 de março. Os candidatos que desejam concorrer na selecção nacional pode fazê-lo através da apresentação dos temas à emissora até ao próximo dia 23 de janeiro. Depois de avaliadas todas as participações submetidas a concurso, o júri interno convidará 60 participantes para uma audição ao vivo que acontecerá a 1 de fevereiro, onde serão selecionados os 24 semifinalistas que atuarão nas semifinais, onde cujo número de apurados ainda não foi revelado.

Lembramos que na última edição do O Melodi Pentru Europa, a dupla portuguesa Vasco Cardoso/Rúben Pacheco compôs o tema A Brighter Day, que foi interpretado por Tatiana Heghea, que alcançou o 8º posto na Grande Final, depois de ter sido a favorita do público na semifinal.

A Moldávia estreou-se no Eurovision Song Contest em 2005, tendo alcançado o seu melhor resultado até à data na sua primeira participação: 6.º posto com 148 pontos. Em Malmö, Aliona Moon representou o país com o tema O Mie, que apesar de ter sido a primeira participação com um tema exclusivamente em romeno, alcançou o 11.º lugar na Grande Final, cuja atuação pode assistir de seguida:



Esta e outras notícias também no nosso Facebook. Visite já!
Fonte: esctoday / Imagem: eurovision.tv

2 comentários:

  1. Anónimo22:36

    Olha outros...isto no dia 15Março vai ser cá uma confusão de escolhas que nem vou saber qual vou ver em 1º.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo06:28

    Anónimo 22.36, nesse dia até ao momento ainda só está agendado 2 acontecimentos, a final da Moldávia e Noruega. Vai haver dias bem piores, em que são 4 ou 5 shows de diferentes países no mesmo dia, por isso isto não é nada. Mas acho uma porcaria a maioria dos países estarem a agendar as suas finais nacionais para Fevereiro e Março...depois é muita coisa ao mesmo tempo e é complicado acompanhar-se tudo...este ano o mês de Janeiro é praticamente deserto no que toca a finais e o de Dezembro mal é utilizado.

    ResponderEliminar