4 de Junho de 2010

Teresa Guilherme arrasa Sérgio Mateus em crónica

Crónica semanal de Teresa Guilherme, apresentadora e produtora de TV, na revista Notícias TV, na qual destaca a falta de profissionalismo do comentador português, Sérgio Mateus, durante o ESC 2010:

Os coros e o coirão

A Gala da Eurovisão foi um festival sobretudo para os olhos que se arregalaram para aquele magnificamente adaptado estádio em Oslo, onde 18 mil pessoas vindas de todo o mundo erguiam as suas vozes.

A luz, a realização, os apresentadores, tudo naquele espectáculo era um espectáculo! Senti-me orgulhosa por partilhar com 120 milhões de espectadores aquele momento quase perfeito. E porquê quase se era tão perfeito? Porque a RTP, que só tinha de fazer uma coisa, uma coisinha pequena, conseguiu fazer uma asneira e das grandes. Arranjar uma voz off tão off que devia estar out! Um tal Sérgio Mateus, um comentador de bradar aos céus, ou melhor aos infernos!

Quando logo no início ele avisou: "A gente em Portugal não podemos votar em nós", eu tremi e nem tive tempo de recuperar para um alegre: "É desta que vamos tentar levar o caneco para casa!". E falou sem pudores com todos: "Você que está espalhado pela Europa" e de todos os que estavam "Aqui na palca!" (não é gralha), E quem lá estava? Por exemplo, a bela "Safira com aquele vestido pirilampo", para logo de seguida anunciar "Já tá tudo pronto. Vamos até a Romania" que era a Roménia, claro, que com uma canção que tinha fogo no nome assustou o pobre Sérgio. "A minha mãe sempre disse que eu não devia brincar com o fogo porque fazia chichi na cama!", justificou o rapaz naquele momento.

Eu não faço a mínima de quem é este Sérgio, mas fiquei a saber que não fala correctamente uma única língua! Estou a exagerar porque ele fala na perfeição a língua de trapos que lhe enchia a boca e deixava sair palavras incompreensíveis nesse idioma tão raro que é o inglês. E o pior é que das 25 canções, 20 ou mais eram e tinham títulos em inglês. Mas nem tudo estava perdido. O Sérgio pode não ser culto, mas é patriota. Durante a votação repetiu sem parar e cheio de carinho "Vamos lá ver se há uns pontinhos para Portugal" ou "Portugal a ganhar mais uns pontinhos" e reclamou indignado com os nossos vizinhos: "Nós demos uma dúzia de pontos à Espanha e eles só meia dúzia". Por fim, não nos abandonou sem antes confidenciar que lá na Eurovisão achavam que "Portugal tem um dos melhores côros (em vez coros) duas Patrícias e o Mimoso".

Mas afinal quem é que terá escolhido o couro do Sérgio Mateus? E porquê? Afinal, quando não há dinheiro é que há mais palhaços...


Fonte: "Fungagá da bicharada", Teresa Guilherme, Notícias TV, n.º 125 de 4/6/2010 (transcrito)

Obrigado por ter lido esta notícia. Tem alguma questão? Contacte-nos para escportugal.geral@gmail.com.
Deixe o seu comentário a esta notícia.

24 comentário(s):

Estou inteiramente de acordo com Teresa Guilherme nesta sua tão bem feita exposição.
O Sérgio Mateus foi uma das piores escolhas que a RTP já fez em tantos anos.
Ele fala mal Português e já nem vou fazer referência a línguas estrangeiras, é que me deu nervos a certa altura.
E as expressões paupérrimas que usou, veja-se "aqui vai um bacalhau da terra do bacalhau", "a ver se é desta que trazemos o "caneco" para casa", que a Teresa Guilherme referiu na sua análise, quer dizer isto não é registo para um programa da RTP quanto mais para um programa como o "Eurovision Song Contest".
Eu, a certa altura, tive de mudar para outra televisão, no caso TVE, porque a voz e os seus disparates eram tantos, mas tantos que ninguém aguanta!!!!
Espero que a RTP se aperceba da péssima escolha que fez e que para o ano escolha alguém com mais conhecimentos sobre História, Geografia, Cultura, Línguas e, sobretudo, Eurovisão!!
É uma tristeza ver a falta de empenhamento e zelo por parte da RTP, que vergonha!!!

O Sérgio não é o único "courão"... Antes fosse!

o sergio deu um ar ligeiro e alegre ao ESC. gostei

Preferia o Hélder Reis.

Ele ate pode ser uma boa pessoa, mas como profissional tb não me convence ... Nos ultimos anos o melhor que já la esteve foi a dupla com o Jorge Gabriel ... Precisamos de comentadores menos passivos e que não tenham medo de mandar um comentario ou uma graçola sobre a situação actual e das politiquices e coisas desse genero, é isso que dá graça ao espetaculo e o Jorge Gabriel fê-lo às mil maravilhas ... Agora graçolas com linguagem corriqueira e de humor pouco inteligente como "caneco" e "bacalhau" também n me convence ... Queremos comentarios humoristas inteligentes, com aquela boca respeitosa para bom entendedor ...

Metam lá o Jorge Gabriel de novo ou o João Baião ... Tenho dito

TACV

NAO ESQUECENDO A ´´IRLANDIA´´ QUE REPETIU UMA SERIE DE VEZES

Joao Baiao??? Sugerido por quem quer "humoristas inteligentes"... enfim

Oh, eu até que gostei...! Há bem piores por aí...! O João Manzarra por exemplo, n percebe nadinha do que faz!

O João Baião não faz só humor de revista ... Aliás o humor do João Baião é tudo menos o humor do "bacalhau" e do "caneco" ... esse comentário vem sem dúvida de alguém que conhece muito pouco o trabalho do joão baiao e da sua pessoa e apenas acenta na ideia pre concebida do joao no antigo Big Show Sic ... O joão é um profissional muito competente e uma pessoa muito inteligente e deixem-me acrescentar muito engraçado

A Teresa Guilherme é tão perspicaz a ver “courões” mas de "raça miúda"! É óbvio que o Sérgio é um ignorante mas não é ele que decide a estratégia nem a equipa! Não foi por ele que Portugal não teve um resultado melhor. Ele até procurou uns "pontinhos", fez mais que o "peixe graúdo", muito mais que os verdadeiros “courões”!

Todo o staff é “courão”, a Teresa não vê isso? Está com medo de quê? A coisa não está a dar para titias velhinhas choronas, é? Está com medo que a mãe RTP lhe corte a mesada dos velhinhos reumáticos?

Quem me dera que tivesse sido so a Irlandia

A Lena ja era da França

A olia Tira passou a ser Olaia, e o tivemos um novo concorrente israelita o Harel Skata...e a Niamh Kavnaná(esta disse ele na segunda semi-final em diferido)

Pois o sergio fez muito bem em apelar ao voto dos emigrantes... todos fizeram o mesmo nos anos anteriores.
A Teresa Guilherme... enfim, coitada, está desempregada, ja ninguem a quer

e quando ele se riu com a Chiara na votação?
Que profissional.........

O homem nunca viu a eurovisãp.. ele nem sabia quem era a chiara.. se a teresa tivesse visto as semis verificava ke os textos eram exactamente os mesmos..

Piiiihhh tanto comentário de gente invejosa... Queriam o quê? Estar lá vocês com a viagenzinha paga a Oslo?? Era bom não era? Pois, mas quem teve esse privilégio foi o Sérgio pelo bom trabalho que faz... Mas desde quando é necessário haver padrões de linguagem num comentador de Eurovision...? E vocês respondem: "Desde sempre... Desde antigamente bla bla bla...!" CHEGA, o século XX já era...! Temos de inovar, temos de nos deixar desta ideia que o Eurovisisão e o Festival da Canção é o auge da etiqueta... Isso era ANTES que as pessoas deixavam de fazer o que estavam a fazer para ir ver partir o cantor português rumo ao Eurovisão... Agora alguém quer saber dos cantores que lá nos vão representar?!?! Temos de cativar as pessoas, temos de ser COMUNICATIVOS nem que para isso tenhamos que usar expressões mais usuais, para que realmente as pessoas percebam do que afinal estamos a falar... Quantos mais formos, melhor! Ou não?!?! Algém daqui consegue ouvir um politico mais do que meia hora sem bocejar? Olha, eu n consigo e sabem porquê? Porque discurso demasiado carregado com palavrinhas caras torna as coisas saturantes e chatas! Qual o mal do rapaz dizer:"Levar o caneco para casa!!" ? Por mim levava o caneco, a tigela, o alguidar... Levava a loiça toda! Enfim... Va-se lá perceber do que é que afinal os Portugueses gostam...

Adorei e subscrevo o coment do Felisberto

O problema não esteve nas expressoes mais curriqueiras e populares que ele usou mas certos comentários desnecessarios como... o vestido pirilampo ou coisas do género. E depois enganos como irlandia, risos desnessarios, via-se que nao percebia nada de eurovisao... nem de linguas, ingles pavor, frances, nao falo e os nomes dos outros nao se percebia nada e o cumulo foi que quando falavam muito rapido nas votaçoes ou em entrevista la vinha a graçola ignorante" não percebo nada do que estao a dizer mas concordo totalmente" poupem-me a esta tristeza. O helder reis foi muito mais profissional e penso que deu uma boa imagem... o sergio gozou a força toda com a eurovisao.

Ora aí está, a questão não é ele ter uma linguagem moderna, porque de moderno aquilo não tem nada! Se houvesse um engano num só nome, mas não ele enganou-se em quase todos, e isso sim é preocupante!
Não é muito dificil utilizar uma linguagem moderna, mas para isso bastava-lhe ter tido mais trabalho de casa (que é coisas que ele não deve fazer).

Ele é comunicativo sim, mas em demasia!

Ele até podia dizer todas essas expressões que disse, mas houve países em que se enganou no nome das musicas, mudando-lhe completamente o sentido, vejamos o seguinte exemplo: "thunder and lightning", passou a "tender and lightning", ou seja, mudou completamente o sentido, uma coisa não tem nada a relacionado com a outra.

Isto não são comenatarios invejosos, de quem la queria estar, mas sim de quem reparou nas 20000 calinadas que ele mandou durante o programa, para além da falta de educação que apresentaou quando apareceu a Chiara, isso sim notou-se bem! Ele que se meta a rir quando entrevista uma gorda na RTP que logo vê o que lhe acontece (ou melhor, nem deve acontecer nada, continua com o memso seu jeitinho para o jornalismo)

Pagamos os nossos impostos e, por isso, os salários dos funcionários da RTP! Seleccionem melhor os profissionais!
Por isso, concordo com a Teresa Guilherme! Este Sérgio Mateus foi um desastre. Não deve saber o que são conjugações verbais, género, número, concordâncias... Enfim...
Coloquem alguém que saiba falar Português correctamente! Já me contento com isso!
Onde anda o Eládio Clímaco!
Apelo ao regresso do "Sr. Eurovisão"!

Bruno Carvalho

Tanta gente má na TV e ela vai meter-se com o Sérgio porquê?

Em Lisboa toda a gente sabe que a Teresa gosta de andar com meninos novos, e os que ela sonda são sempre os que estão em começo de carreira...

Este deve ter-lhe dado tampa. :)

Tenho tantas saudades do Eladio Climaco, para quem a capital da Finlandia é Reiquejavique.

A boa crítica é saudável e,até,desejável. A que é arruaceira e com falta de nível só denigre quem a emite. É inadmissível linguagem grosseira e pseudo-intelectual de uma profissional(?) que, também ela deu (e dá) muito que falar e nem sempre pelas melhores razões.Deverá a "distinta" senhora rever os seus comportamentos.
Um abraço e parabéns para o Sérgio Mateus.

Falar em tom moderno não significa falar *mal* português. E este senhor Sérgio em cada frase disparada dizia mais erros do que palavras. E nem vou falar do péssimo inglês... e do popularismo fácil.

Olhem para o exemplo dos comentadores britânicos, o clássico Terry Wogan ou -ainda mais- o actual Graham Norton, e vejam que não é preciso ser peixeiro para trazer humor aos comentários do ESC.

Olá a todos.
Antes de mais, quero dizer, que tenho uma enorme estima e carinho pela "menina" Teresa Guilherme. (“menina” não é num sentido pejorativo, mas com carinho). Sempre desejei e desejo um dia poder vir a trabalhar com ela. Ter a Teresa a produzir, quem sabe algum programa meu para TV, quando lá chegar.
Apesar da estima, da admiração, do carinho e tudo mais que tenho pela Teresa Guilherme, e apesar das muitas afinidades quer seja com o oculto, quer seja ao fato de não se ligar a coisas menos importantes - coisa que ela com os seus bons 55 anos já aprendeu (eu com os meus 34, já cheguei a essa maturidade há muito). Mas é este Saber, este Conhecimento das coisas, das Leis do retorno que a Teresa, assim como qualquer Ser Humano, minimamente inteligente e capaz, deveria ter em linha de conta constantemente presente ao longo da sua Vida.
Quem é Sérgio Mateus?
Pensava que o Sério Mateus, era o "puto" que tinha passado pela Rádio Beira Interior, onde estou atualmente depois de 8 anos de Capital, onde sentia que eu próprio não estava a Viver em Paz. Mas depois de uma pesquisa vi que estava a fazer confusão com o Sérgio Oliveira. Este é que passou pela RBI, e atualmente está no Só Visto.
Sobre o Sérgio Mateus, não encontrei grande coisa. Será que tal como eu, e muitos outros, alguns com mais valor, outros com menos, o Sergio Mateus, também foi um daqueles que em tempos participou naquele megalômano casting que a RTP fez? Ou não?
Quantas vezes, não dou por mim, a deitar-me às 4 de manhã, porque fico a pesquisar e a preparar os conteúdos do programa que no dia a seguir vou fazer em direto das 17h às 19h? Embora seja uma Rádio Local, mesmo que seja só 1 ouvinte que esteja a escutar, é como o meu formador de Teatro - no Teatro Experimental do Funchal - fez-nos tomar consciência, que mesmo estando um único espectador na sala, esse espectador para estar ali, é porque teve direito ao bilhete, e se está ali sentado, é para ver um espectáculo e merece-o. Com isto, tenho tudo dito.
Há que perceber, e a menina Teresa sabe-o muito bem, que por trás, há sempre uma equipa, há sempre alguém superior a nós, que por vezes diz-nos para fazermos algo, que nem sempre tem o melhor resultado.
Eu por vezes quando tenho dificuldades em dizer uma palavra noutro idioma que não o português, ou pergunto a alguém que sei que sabe, ou então vou ao Google, onde há uma opção que é o "tradutor". Poderá não ser perfeito...
Se me é permitido, aqui deixo um beijinho de carinho para a Teresa. Mas por favor, a quem quer que seja, antes de julgarmos, precisamos ter a capacidade de colocarmo-nos no lugar do outro, ou das situações, para sabermos - não julgar - mas de criticar.
Sem ressentimentos, sem mágoas, porque eu também não sei quem é o Sérgio Mateus, Paz para todos. e sejam Felizes, contribuindo para que alguém ao Vosso lado o seja. Pois é dando que se recebe. Agora cabe a cada um, ter a consciência do que dá. Se foi bom, Bom recolhes. Se for mau, MAU recebes. São as Leis do retorno, que regem tudo na Vida. Acreditem. Quem me ensinou isto? ELA. A Vida.
jorge.paulo.ramos@gmail.com

Enviar um comentário